Oposição critica saída de Jair e teme pelo futuro do Sport em 2021

segunda-feira, abril 05, 2021

Apesar dos constantes tropeços na temporada, a demissão do técnico Jair Ventura pegou a torcida do Sport de surpresa, nesta segunda-feira (5). Além disso, o treinador deixa o cargo às vésperas da eleição do clube, marcada para esta sexta-feira (9). Procurados pela Folha de Pernambuco para falar sobre o tema, os candidatos ao pleito Nelo Campos (Sport na Raça) e Eduardo Carvalho (Uma Razão para Viver) foram contra a decisão da diretoria nesta altura do campeonato. Os concorrentes da oposição, agora, temem pelo futuro do clube na sequência do ano.

"O fato da saída de Jair é mais uma comprovação que essa atual administração não tem planejamento. Prejudicam o Sport, é uma gestão ultrapassada, que não planeja. Quantos jogadores, além do contrato da comissão renovado, chegaram ou tiveram o vínculo estendido? Agora, com a chegada de uma nova comissão técnica, vai acontecer o de sempre quando um clube é administrado por quem não sabe o que fazer. Jogadores serão vendidos, outros emprestados por não ser utilizados, e novos serão contratados. Com tudo isso, acaba o dinheiro do clube para 2021", desabafou Eduardo Carvalho.

Não acreditando na realização da eleição nesta sexta-feira, o advogado Carvalho afirmou que a troca no comando da equipe é uma estratégia eleitoral da atual gestão. "Eles devem estar alucinados atrás de um técnico, porque esse novo treinador será o garoto propaganda para esta reta final de eleição. Se alguém pensava que a eleição ia acontecer essa semana, agora que ela não acontece mesmo", falou Eduardo Carvalho. Procurada pela reportagem, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) falou que o pedido do Sport para a realização do pleito segue em análise.


Na mesma linha do adversário ao cargo no Executivo, Nelo lembrou da chegada de Jair ao clube e das renvoações e contratações feitas recentemente. Ainda de acordo com o ex-diretor de futebol, uma nova decisão errada dessa gestão pode custar o planejamento de toda a temporada.

"Espero que agora eles não façam da demissão de Jair o que fizeram da contratação. A contratação foi usada eleitoralmente, assim como eles têm feito contratação ou renovação de jogador. Milton bivar está licenciado, mas tudo é o nome dele. Espero que isso não aconteça, pois é um planejamento que está custando caro ao Sport. O time está fora de duas competições importantes, as duas mais rentáveis desse começo de ano", começou.

"Tem que botar a mão na consciência, ver que o planejamento está prejudicado. Hoje, chegaram três jogadores que tiveram o aval do técnico e o técnico não está mais lá. Já existe um comprometimento com o planejamento do ano. Tem que ver quem vai ganhar eleição para ter a legitimidade, para na sexta à noite começar a trabalhar e até semana que vem esse nome (novo técnico) já esteja no Recife trabalhando. Terá 30 dias para trabalhar pensando na fase final do Estadual e 50 dias para o Brasileiro. Tempo suficiente para tentar corrigir uma falta de planejamento que está notório para todo mundo", finalizou.

A Folha de Pernambuco entrou em contato com o terceiro candidato da oposição, Delmiro Gouveia (Juntos pelo Sport), mas o mesmo não pôde conceder entrevista até a publicação desta matéria.

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »