Logística de vacinação dos profissionais de segurança deve ser definida na próxima semana

sábado, abril 03, 2021

Com o anúncio do Governo do Estado para vacinação dos profissionais de segurança pública, o próximo passo é definir a logística, grupos prioritários e locais. Sendo assim, o presidente da Ordem dos Policiais do Brasil (OPB), Frederico França, com o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Eriberto Medeiros, deve realizar na terça – feira (06), uma reunião com lideranças de entidades representativas da segurança pública e os secretários de Saúde e de Defesa Social.

A preocupação é promover a celeridade da vacinação nos profissionais de segurança que estão na linha de frente nas ações de combate à Covid – 19. Tão logo recebeu a confirmação do Governo Federal da antecipação das vacinas para as forças de segurança, França, entrou em contato com o Superintendente Parlamentar, Eduíno Brito, para agendar uma reunião que aconteceu na tarde desta quinta-feira com o presidente da Alepe, o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado de Pernambuco (SINPRF – PE, Edjailson Tavares, e o diretor Marlon Melo.

Na ocasião, Eriberto entrou em contato com o Governador do Estado, Paulo Câmara, que confirmou o início da vacinação dos profissionais de segurança e a chegada dos primeiros lotes do imunizante. Com o objetivo de organizar o processo de vacinação, em seguida, foi realizada uma primeira reunião virtual com lideranças dos Peritos Federais, Delegados Federais, Associação de Praças de Pernambuco (Policiais e Bombeiros), Associação dos Comissários de Polícia, Sindicatos da Polícia Civil, Policiais Penais, Agentes de Trânsito, além da Federação das Guardas Municipais.

Segundo França, a próxima reunião também será virtual e fechada. “O secretário Pedro Eurico também deve ser convidado. O importante é que, finalmente, vamos cuidar dos profissionais de segurança. Cada categoria, em separado, tinha encaminhado ofício e estava sem resposta. Hoje, em algumas horas, conseguimos chegar numa solução. A partir de agora, toda semana deve chegar de um a dois lotes para garantir a vacinação com celeridade”, conclui França.

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »