Com críticas a arbitragem, diretoria do Santa Cruz estuda tomar medidas diante da CBF

quinta-feira, abril 01, 2021

Em uma partida com três pênaltis marcados, lances polêmicos e expulsões, as decisões tomadas pelo árbitro Wagner Reway no Clássico das Multidões desta quarta-feira ganharam um protagonismo indesejado. Em entrevista à Rádio Clube um dia após a partida, o diretor de futebol do Santa Cruz, Jaime Cordeiro, fez várias críticas à atuação do trio de arbitragem, e afirmou que o presidente do clube buscará alternativas junto à Confederação Brasileira de Futebol.

“É uma arbitragem lamentável porque afetou diretamente o resultado do jogo. todos nós sabemos que existe uma pressão na arbitragem quando há um pênalti para um dos lados. Para o nosso lado foram dois pênaltis que não tiveram nem discussão do lado do Sport. Aquilo ali é uma vergonha” declarou Jaime.


Ainda durante a entrevista, o diretor revelou que Joaquim Bezerra, presidente do Santa Cruz, irá tomar as “medidas necessárias" com relação ao trio de arbitragem do clássico. Procurado pelo Esportes DP para detalhar quais medidas seriam essas, Joaquim minimizou a colocação de Jaime, mas afirmou que “não pode ficar calado” diante de qualquer possível erro.


“Ainda vou tomar pé da situação, mas no mínimo, havendo erros do árbitro, é apontar os erros para a comissão de arbitragem da CBF. A gente não pode ficar calado, então a gente comunica que houve um erro e a insatisfação do clube em relação a isso” revelou o presidente tricolor.

Com o resultado negativo, a Cobra Coral praticamente não tem mais chances de classificação para a segunda fase da Copa do Nordeste. O Santa Cruz ainda pode somar nove pontos e atingir mesmo saldo do Sampaio Correia, primeiro na zona de classificação, porém terá de reverter um saldo negativo de cinco gols e secar outros três times na disputa da classificação.

DP

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »