Procon fecha arena onde ocorria jogo de futebol society com aglomeração e pessoas sem máscara

terça-feira, março 16, 2021

A Arena Tsunami, localizada no Zumbi do Pacheco, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR), foi interditada em fiscalização do Procon Pernambuco, na noite dessa segunda-feira (15).


No local, ocorria uma partida de futebol society transmitida no Instagram pelo narrador pernambucano Ney Silva.

Segundo o Procon, 84 pessoas foram detidas e quatro foram conduzidas à Delegacia de Prazeres, também em Jaboatão. Muitos dos presentes não usavam máscaras de proteção à Covid-19.

Havia um público de mais de 200 pessoas na arena, mas muitos conseguiram fugir pelos fundos quando a fiscalização chegou.

A partida promovida por Ney Silva, que tem 725 mil seguidores no Instagram, era assistida por cerca de 118 mil pessoas em uma transmissão ao vivo no perfil do narrador.

Na sua rede social, o influenciador não fez nenhuma publicação sobre a interdição. A reportagem do Portal Folha de Pernambuco tentou contato com a equipe de Ney Silva, mas não conseguiu retorno.

Os portões da arena estavam fechados quando a equipe do Procon chegou ao local. As luzes também foram apagadas quando a organização percebeu a presença da fiscalização. Havia ainda a presença de muitas crianças e adolescentes.

“O Governo de Pernambuco sozinho não irá por fim à pandemia no Estado. Se as pessoas insistirem em não colaborar, a situação irá se agravar muito e não é por falta de aviso ou por falta de pedido de compreensão”, frisou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

A partida foi entre os times dos jogadores Vassoura e Daniel Futshow e estava sendo divulgada nas redes sociais. O jogo terminou 7 a 6 para a equipe de Daniel.

A arena descumpria diversos pontos das medidas de restrição do Governo de Pernambuco para conter a propagação da Covid-19. Além da aglomeração de pessoas, o local estava aberto depois das 20h - horário previsto pelo atual decreto.

Foram levados para a delegacia o proprietário da arena, dois organizadores e o responsável pela iluminação.

Apesar de não estarem no local no momento da fiscalização, o Procon também irá notificar Ney Silva, Vassoura e Daniel Futshow, apontados como as principais atrações do evento, sendo assim, também responsáveis por promover a aglomeração segundo o órgão de fiscalização.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »