Padrasto e vizinho são presos por suspeita de estuprar menina de 11 anos com problemas mentais

segunda-feira, março 15, 2021

Dois homens foram presos em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, por suspeita de estuprar uma menina de 11 anos com problemas mentais. Segundo a Polícia Civil, foram alvo de mandados de captura o padrasto e um vizinho da criança.


Nesta segunda-feira (15), a delegada Vilaneida Aguiar, titular da delegacia da Mulher de Jaboatão dos Guararapes, informou que os dois homens praticavam os crimes separadamente.



“Abri dois inquéritos diferentes. Os crimes não eram combinados nem eles agiam em conjunto”, afirmou.



A polícia começou a desvendar os crimes a partir de depoimentos da própria criança. Mesmo com déficit intelectual, ela contou que era violentada pelo padrasto. “Depois, descobrimos que o vizinho também praticava os crimes”, comentou a policial.


O padrasto da amenina, que não teve o nome divulgado para não expor a criança, foi detido na quarta-feira (10), em Jaboatão. A captura do vizinho ocorreu no dia seguinte, na mesma cidade. Os dois seguiram para unidades do sistema penitenciário, na Região Metropolitana.



Ainda segundo a delegada, o padrasto da menina tem 47 anos. O relatório da polícia aponta que os estupros aconteciam "há vários anos", dentro da própria residência da menina, “quando a mãe dela ia para a igreja”.


O homem manteve um relacionamento com a mãe da vítima durante 11 anos. A separação do casal ocorreu depois do surgimento das denúncias de violência sexual.


O vizinho da menina, de 53 anos, levava a criança para um imóvel abandonado, ao lado da própria casa.


O relatório da polícia informa que o homem atraía a criança para o local e mostrava vídeos pornográficos, além de oferecer dinheiro para praticar os “atos libidinosos”.


“Ele já havia sido condenado por praticar o mesmo tipo de crime contra a neta da companheira dele, que tinha 9 anos de idade”, afirmou a delegada.

G1

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »