Multa e abandono de emprego: jurídico do Náutico articula medidas em "Caso Kevyn"

quinta-feira, março 11, 2021
Um dia depois do lateral Kevyn não ter se reapresentado ao Centro de Treinamento do Náutico, o departamento jurídico do Alvirrubro explicou as medidas judiciais que pretende tomar, baseando-se em “abandono de emprego" e podendo impor pagamento de uma multa diária. O atleta estava sendo esperado pelo clube, já que a instituição conseguiu uma “reconsideração” através da Justiça, quando a liminar inicial, que possibilitava a rescisão solicitada por Kevyn, foi revogada.

O representante jurídico do Timbu, Bruno Becker, conversou com a reportagem do Esportes DP e assegurou que o lateral será notificado por não ter comparecido na data prevista, desde que seu contrato voltou a ser válido.


"Iremos notificar o atleta para que, cumprindo a decisão judicial, se reapresente, sob pena de multa diária e caracterização de abandono de emprego", apontou Bruno.


O valor da multa a cada dia de descumprimento, segundo Becker, será definido pela juíza responsável pelo caso, Patrícia Pedroso Souto Maior.

DP

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »