MPPE promove calendário de atividades alusivas ao Mês da Mulher

segunda-feira, março 08, 2021
Em virtude do Mês da Mulher, o Ministério Público de Pernambuco criou várias ações com foco no empoderamento feminino, por meio do Núcleo de Apoio à Mulher Promotora de Justiça Maria Aparecida da Silva Clemente (NAM). Uma delas é uma campanha publicitária lançada nas redes sociais da Instituição nesta segunda-feira, 8 de Março, Dia Internacional da Mulher. A campanha Empoderar é composta por vídeo e posts para YouTube, Facebook, Instagram e Twitter, e-mail marketing e material para divulgação jornalística, assim como peças para a intranet do MPPE.


Apesar da violência contra a mulher ser um gravíssimo problema social brasileiro, e o MPPE tomar todas as medidas contra isso, o NAM e a Assessoria Ministerial de Comunicação Social (AMCS), responsáveis pela campanha, resolveram não apresentar mulheres vitimizadas, mas sim atuar em prol do empoderamento delas: valores como autonomia financeira, encorajamento para fazer denúncias, positividade, acolhimento, união e força.

O texto do vídeo, por exemplo, foca na mensagem de empoderamento, na autoestima e na segurança, entre outros direitos que a mulher possui e que são tantas vezes negados.


“Sua segurança. Sua autonomia. Sua voz. Nosso compromisso é com o empoderamento feminino. Cada mulher tem direito a uma existência plena, livre de violência, com saúde, educação, segurança e autonomia. Juntas, fortalecemos esta voz por mais equidade e por uma vida sem violência. Visibilidade hoje. Respeito todos os dias”, são as palavras trazidas no vídeo.

Outro conceito central da campanha publicitária diz respeito à diversidade de mulheres que estarão presentes nas imagens das peças: negras, brancas, jovens, idosas, mulheres trans, gordas..., enfim, um alinhamento com a pluralidade humana.

“Nossa gestão assumiu o compromisso de fomentar políticas públicas de combate à desigualdade de gênero e de estímulo ao empoderamento feminino, como uma política institucional, garantindo condições de igualdade à mulher, em todo cenário social (dentro e fora do Ministério Público). Assim, vamos promover eventos de capacitação, com olhar interseccional, sem olvidar os recortes de raça e outros fatores de vulnerabilidade que permeiam a temática de proteção à mulher, que nossa equipe do NAM tem total capacidade para identificar e trabalhar", assegurou o procurador-geral de Justiça do MPPE, Paulo Augusto Freitas.

Demais ações – O MPPE planejou mais atividades para o Mês da Mulher, que também evidenciam o protagonismo feminino e a cobrança ao Estado por políticas públicas que criem alternativas de vida para as mulheres vítimas de violência. Na quinta-feira (11), ocorrerá o evento O Ministério Público de Pernambuco e o empoderamento feminino, das 18h às 19h35, pelo canal da Escola Superior do Ministério Público de Pernambuco (ESMP-PE) no YouTube.

Haverá palestras sobre feminismos plurais e reflexões psicológicas sobre a violência doméstica contra a mulher. O evento é uma realização do NAM em parceria com o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça em Defesa da Cidadania (Caop Cidadania).

Na sexta-feira (12), o site do MPPE www.mppe.com.br terá o primeiro texto da série de reportagens sobre o projeto do MP Empodera, que faz parte do portfólio de projetos estratégicos do MPPE. A série explicará o projeto, destrinchando os três eixos que o formam: empreendedorismo e mercado de trabalho, saúde e educação, fatores fundamentais para a conscientização e libertação da mulher como ser social e participante da vida econômica e política do país, e que incentivam a conquista de seu empoderamento.

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »