Cemitério de Vitória ganha novos ossários e armazena restos mortais descartados irregularmente

segunda-feira, março 22, 2021

O Cemitério São Sebastião, localizado em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata de Pernambuco, recebeu um mutirão de revitalização nesse final de semana. Segundo a prefeitura, responsável pela administração da necrópole, três novos ossários foram construídos para acomodar ossos descartados de forma irregular.

Além disso, foi feito um trabalho de capinação e retirada de resíduos, como restos de caixões, tecidos e flores secas no local. Nesta segunda-feira (22), começa a construção de gavetas reservas no cemitério.


Administrador do cemitério há 16 anos, Manoel Severino relata que o acúmulo de caixões e ossadas vinha sendo recorrente.

“Há quatro anos que vêm sendo armazenados em local inadequado. Não havia mais lugar disponível e passamos a colocar neste lugar inadequado”, comentou.

O prefeito Paulo Roberto determinou ainda que os restos mortais só sejam exumados depois de três anos enterrados, como determina a Lei Municipal nº 3961/2014.

Segundo a prefeitura, esse processo estava sendo feito com um ano e meio. “Não compactuamos com a forma desrespeitosa que estavam tratando os mortos em nossa cidade. Ressaltamos que estamos enviando à Câmara de Vereadores dois projetos de lei criando dois novos cemitérios, inclusive com crematório para nossa cidade”, destacou o prefeito.

A Prefeitura de Vitória ressalta que os ossos encontrados no cemitério não são de vítimas da Covid-19.

O cemitério de São Sebastião foi fundado em 1873 e tem jazigos permanentes particulares e gavetas comunitárias sob administração da prefeitura.

“Desde janeiro, o município tem construído novas gavetas e ossuários coletivos. A partir desta segunda-feira, outras novas gavetas reservas também terão as obras iniciadas”, informou o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Lourinaldo Martins.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »