Projeto Mundo Limpo, Vida Melhor une preservação da natureza e responsabilidade social

sábado, fevereiro 13, 2021
Com mais de 10 anos de atuação, o projeto Mundo Limpo, Vida Melhor, da Asa, tem atuado pela defesa à natureza com um trabalho de reciclagem de óleo de cozinha.

O programa é responsável pela coleta, tratamento, limpeza e reutilização do óleo de cozinha, para utilizá-lo como matéria-prima na elaboração do sabão em barra da Bem-te-vi.

Mas, além da preocupação com a natureza, o Mundo Limpo, Vida Melhor também tem sua veia social. O diretor da ASA, Wagner Mendes, comenta que parte da economia gerada com a reciclagem é destinada à Fundação Alice Figueira, com atuação no IMIP, no Recife.

Além de ser danoso para o sistema de saneamento básico - entupindo os tubos de encanação e galerias, causando rompimento da rede de esgoto e a falta d’água -, o descarte incorreto do óleo polui rios e mares, prejudicando ecossistemas inteiros.

De acordo com a Resolução do Conama 430/11, 1 litro de óleo descartado inadequadamente contamina 20.000 litros de água. Sendo assim, através dos mais de 6,5 milhões de litros de óleo coletados, são preservados cerca de 137 bilhões de litro d’água em uma década de atuação do projeto.

Fora a atuação prática, o projeto faz um trabalho de conscientização, com palestras em escolas, associações comunitárias, condomínios, ampliando assim a cadeia de solidariedade e respeito pelo meio ambiente.

“Já coletamos mais de 20 mil toneladas ao longo da história do projeto. Só em Pernambuco, o programa já conta com mais de 3 mil pontos de coleta e atua em 47 municípios, incluindo o distrito de Fernando de Noronha”, explica Wagner Mendes.

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »