Parceria do Cabo de Santo Agostinho vai melhorar mobilidade, saneamento e habitação do município

quarta-feira, fevereiro 17, 2021
O Cabo de Santo Agostinho anunciou parceria com a ONU Habitat, programa das Nações Unidas especializado na promoção de cidades sustentáveis e o Instituto Ikone Liga Social Global, plataforma social que se propõe a resolver problemas comunitários. O objetivo é trazer soluções inovadoras de urbanismo para o município.

“Queremos tornar o Cabo de Santo Agostinho uma cidade referência em nível nacional. Para isso, vamos aperfeiçoar o modelo de gestão com uma visão ainda mais responsável, inclusiva e sustentável, com ações de mobilidade, saneamento, habitação e tantos outros segmentos elaborados de forma macro, para transformar a vida dos cabenses”, disse o prefeito do Cabo, Keko do Armazém.

A aproximação entre a Prefeitura do Cabo, a agência intergovernamental e a iniciativa privada marca o lançamento do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI), realizado por Keko na última sexta-feira (12).

A parceria pioneira na Região Metropolitana vai instituir diretrizes do planejamento estratégico focado no crescimento ordenado da cidade, observando as potencialidades e desafios a serem enfrentados. A iniciativa, intitulada “O Desenvolvimento Sustentável Nasce Aqui”, é uma alusão à frase que se transformou em marca registrada no município “Aqui, nasceu o Brasil”.

O compromisso firmado entre a gestão municipal, Instituto Ikone Liga Social Global e ONU Habitat, contemplará diversas ações voltadas para saúde, educação, serviços públicos, meio ambiente, sistema viário e centro urbano, atendendo às diretrizes dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidas pela ONU na Agenda 2030.

“Aderir ao programa da ONU fará o Cabo se alinhar com as melhores práticas mundiais de gestão, voltadas ao desenvolvimento econômico e social”, afirmou o secretário de Assuntos Jurídicos do Cabo, Osvir Guimarães, coordenador do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do município. “Vamos entrar em sintonia com países e cidades que avançam na direção do compromisso firmado em 2015, que estabeleceu os 17 ODS. Isso levará, até 2030, a uma mudança significativa na qualidade de vida da população do Cabo de Santo Agostinho”, completou.

De acordo com o presidente do Instituto Ikone, Marcos Roberto Dubeux, o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado visa conectar problemas e soluções através de inovação e ação colaborativa. “Nossa plataforma conecta desafios sociais complexos com pessoas capazes de resolvê-lo. Daremos um grande salto em relação às entregas dos equipamentos oferecidos à população”, ressaltou.

O Instituto Ikone é braço social da Cone Multimodal, empresa instalada no Cabo de Santo Agostinho especializada em serviços de logística. A organização tem o objetivo de unir empresários e investidores na busca por respostas contra a pobreza, identificando soluções ao redor do mundo que podem ser aplicadas localmente.

Durante o seminário de lançamento do PDUI, o oficial sênior da ONU Habitat Allain Grimard, ressaltou o caráter inovador e o grande potencial de impacto social em iniciativas de atuações conjuntas. Rayne Ferreti Moraes, oficial da ONU Habitat no Brasil, fez uma apresentação destacando os principais projetos no País e salientando a missão da agência de atuar em parceria com governos locais para a promoção dos ODS nas cidades.

O ONU-Habitat é o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos. Foi criado em 1978 e tem sua sede em Nairóbi, no Quênia. Tendo como slogan a frase “por um futuro melhor”, a agência é voltada para a promoção do desenvolvimento social e econômico dos países de forma sustentável, além de empenhar-se em proporcionar uma moradia adequada para todas as pessoas. O órgão trabalha juntamente com diversos atores, como os governos federal, estadual e municipal, universidades, ONGs, instituições privadas e de terceiro setor, entre outras.

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »