Narrador de rádio gaúcha chama santista Lucas Braga de 'crioulinho'

quinta-feira, fevereiro 04, 2021
O narrador Haroldo de Souza, 76, da Rádio Grenal, usou o termo "crioulinho" para se referir ao atacante Lucas Braga, do Santos, durante o empate do time paulista com o Grêmio, nesta quarta-feira (3), por 3 a 3, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro.

A ofensa pode ser enquadrada como crime de injúria racial.

Durante a partida, Haroldo conversava com o repórter de campo quando perguntou: "Aquele crioulinho que está lá na ponta esquerda do time do Santos, quem é ele?"

Ao ser informado de que se tratava de Lucas Braga, o narrador, então, disse: "Ah, o Lucas Braga que está caído lá. É o moreno, né? Moreno, cidadão de cor, numa boa."

Em nota, o Santos disse que tomará medidas cabíveis contra o profissional. "Esperamos uma reação efetiva do veículo de comunicação empregador desse senhor e da própria comunidade que compõe a audiência de tal rádio", diz trecho do comunicado santista.

O empresário do jogador, Miguel Calluf, disse que o atleta quase chorou ao relatar a ele por telefone o que havia acontecido. "Senti a voz dele embargada. E ele, na humildade dele, mandou deixar para lá. E eu nem soube o que falar para ele. Essa conotação que o indivíduo usou é totalmente racista", disse o agente ao UOL.

Por meio de nota, a empresa que cuida da carreira do atacante também repudiou o ocorrido. "Nos sentimos enojados de ter de responder a uma situação como essa, inexplicável em todos os sentidos. Acreditamos ser um extremo absurdo a forma com a qual o locutor Haroldo de Souza se referiu ao atleta, proferindo pronomes racistas e o fazendo com naturalidade."

A ACEG (Associação Dos Cronistas Esportivos Gaúchos) condenou o episódio e disse que "o racismo não tem lugar na sociedade e cabe, também, à imprensa combatê-lo" e pediu "desculpas ao jogador, ao clube e à sociedade em nome dos cronistas esportivos do Rio Grande do Sul."

A rádio Grenal se pronunciou sobre o caso em postagem no Instagram:

Em julho de 2020, a Rádio Energia 97FM demitiu o comentarista Fábio Benedetti, conhecido como Chef Benedetti, após uma fala racista dele contra o atacante Marinho, do Santos, durante jogo contra a Ponte Preta, pelas quartas de final do Paulista.

Na ocasião, o comentarista foi questionado sobre o que falaria para Marinho após ele ter sido expulso na partida que eliminou o Santos. "Eu vou falar assim: 'Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez'", afirmou Benedetti.

O Santos se manifestou por meio de nota em suas redes sociais.

Folhapress

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »