Filho de Arlindo Cruz critica piada de Nego Di sobre o pai e diz que vai processar comediante

quarta-feira, fevereiro 10, 2021
Filho de Arlindo Cruz, o cantor e compositor Arlindinho, 29, afirmou que vai entrar na Justiça com processo contra Nego Di, participante do BBB 21, por zombar do pai que se recupera de um acidente vascular cerebral (AVC) JustiçaCaiu desde 2017. Procurada, assessoria do comediante não se manifestou até a publicação do texto.


"Eu lhe entrego nas mãos de Xangô Nego Di. Justiça vai ser feita e da forma mais severa, espero nunca mais ter o desprazer de te encontrar em algum lugar, pois aí a conversa vai mudar de tom. Assim que você sair da casa, tomaremos as atitudes cabíveis, mexeu com a pessoa errada e com a família da pessoa errada! Que nojo!", disse o cantor, em seu perfil no Instagram.

Arlindinho publicou um vídeo no qual o comediante gaúcho Nego Di, 26, participa do programa Pretinho Básico, da rede Atlântida, do Grupo RBS, em fevereiro de 2019.


Na ocasião, os apresentadores e convidados comentam sobre o poder dos brasileiros de tomar decisões. "O Arlindo Cruz está até hoje! Para. Os caras postam foto dele falando 'recuperação a mil' e tu olha a cara e está assim", afirma Nego Di, imitando a condição do sambista.

Em março de 2017, Arlindo Cruz sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) em casa, no Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, onde mora há mais de 20 anos. O sambista se preparava para embarcar para São Paulo para um show ao lado do filho, Arlindinho, em Osasco (Grande SP).


O artista foi socorrido no Hospital Municipal Lourenço Jorge, onde foi diagnosticado o AVC. Após ser medicado, Arlindo Cruz foi transferido para a Casa de Saúde São José. Após dois meses no CTI, o músico passou por um procedimento cirúrgico para colocar um cateter cerebral.

Na sequência, o sambista foi internado no Hospital Placi, em Botafogo, no Rio de Janeiro, para prosseguir o tratamento e buscar a reabilitação motora. Em julho de 2018, o músico recebeu alta no mesmo dia em que ocorreria a partida do Brasil contra o México, pelas oitavas de final da Copa do Mundo na Rússia.

Desde então, Arlindo Cruz segue tratamento em casa. Aos poucos, o sambista de 61 anos tem apresentado melhoras graduais de saúde, como a recuperação da voz.

Um dos nomes mais fortes do samba desde os anos 1980, Arlindo Cruz integrou o grupo Fundo de Quintal, celeiro do samba e do pagode no Rio de Janeiro. Em 2018, o compositor foi homenageado pela escola Império Serrano.

Arlindo Cruz é autor de diversos sambas-enredo das escolas Império Serrano, Grande Rio e Vila Isabel, e compôs ou interpretou sucessos do gênero, como "O Show Tem que Continuar", "Camarão que Dorme a Onda Leva" e "Meu Lugar".

Folhapress

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »