‘Mudanças virão em todas as áreas do clube’, diz vice-presidente eleito do Santa Cruz

sábado, fevereiro 13, 2021
No primeiro dia após a realização das eleições do Santa Cruz, os desafios da nova gestão começam a ser discutidos de forma mais objetiva. A chapa Pró-Santa, que venceu o pleito com 660 votos contra 371 da chapa da situação, assume a gestão na próxima quinta-feira (18) e comandará o clube pelas próximas três temporadas.


Entre as primeiras ações confirmadas pelo grupo está a convocação de uma assembleia geral na qual serão discutidas questões relacionadas à reforma do estatuto do clube, demanda que ganhou força entre os torcedores nos últimos anos. O vice-presidente eleito, André Frutuoso, adiantou que mudanças estruturais podem ser esquematizadas já nos primeiros dias da nova gestão. “As primeiras ações serão aquelas que já viemos discutindo com a torcida. Vamos promover a convocação da assembleia geral para deliberar sobre a reforma do estatuto. Entram em pauta, a partir de agora, temas fundamentais para o clube como a abertura do Conselho Deliberativo, para acabar com o monopólio do conselho ser composto apenas pela chapa vencedora e a abertura para os sócios”, afirmou Frutuoso.

De acordo com o vice-presidente, será estabelecido um sistema de controle de gestão a fim de permitir que o clube tenha “sustentabilidade dos pontos de vista administrativo e financeiro”.

Frutuoso também adiantou que o programa de Sócio-Torcedor do Santa Cruz deve passar por alterações. No dia 6 de janeiro, ainda na gestão Constantino Júnior, foi anunciada uma reformulação nos planos e na estrutura do programa. Atualmente, o torcedor pode escolher três planos: o Plano Vermelho, que custa R$ 9,90 mensais; o Plano Branco, no qual o torcedor paga R$ 29,90 por mês e o Plano Preto, a opção mais cara (R$ 49,90). Somente a opção dá direito a voto.

“A torcida nos elegeu porque ela quer mudanças e mudanças virão em todas as áreas do clube, e o programa de sócios é uma delas. Vamos reformular, principalmente na questão do direito ao voto, que deve passar a ser para todos os sócios do Santa Cruz”, destacou André Frutuoso.

Sobre eventuais negociações com o elenco e com a comissão técnica, Frutuoso adiantou que renovações ou contratações serão precedidas pela montagem do departamento de futebol do clube. “Ainda é muito cedo para confirmar algo em relação à equipe. A gente vai começar a montar o time fora de campo, com a diretoria de futebol e a coordenação. A partir daí, começaremos a falar sobre o time dentro de campo”, afirmou.

Apesar da indefinição em relação ao elenco, o novo vice-presidente Coral trata o acesso à segunda divisão do Campeonato Braisleiro como a principal meta do ano para o Santa Cruz. “É o ponto de partida para qualquer outro objetivo que a gente queira galgar, porque a Série C não é o lugar do Santa. Infelizmente, iremos disputá-la em função dos trabalhos até aqui realizados, mas pretendemos conseguir o acesso ainda neste ano”, disse Frutuoso.

A chapa Pró-Santa é encabeçada por Joaquim Bezerra, presidente eleito. André Frutuoso (vice-presidente), Mário de Godoy (presidente do Conselho Deliberativo), Thomaz de Aquino (presidente da Comissão Patrimonial) e Eduardo Petribú (Comissão Fiscal) completam a chapa.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »