Deputados de Pernambuco eleitos para Mesa Diretora da Câmara defendem pacificação do Legislativo

quinta-feira, fevereiro 04, 2021
Três representantes de Pernambuco foram eleitos, nesta quarta (3), para a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, em Brasília: André de Paula (PSD) é o segundo vice-presidente, Luciano Bivar (PSL) o primeiro-secretário e Marília Arraes (PT) a segunda-secretária. Para eles, o desejo é de "pacificação" do Legislativo e avanço nas pautas de "interesse do país" (veja vídeo abaixo)





Marcelo Ramos é eleito vice-presidente da Câmara


A escolha dos integrantes da Mesa Diretora ocorreu um dia depois da eleição do novo presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL). Ele teve 302 votos, na segunda (1º), vencendo o candidato Baleia Rossi (MDB-SP), apoiado pelo ex-presidente da Casa Rodrigo Maia (DEM-RJ) (veja vídeo abaixo).






Arthur Lira é eleito presidente da Câmara dos Deputados


Advogado, André de Paula, de 59 anos, é o presidente estadual do PSD. Está no sexto mandato de deputado federal, sendo que dois foram em eleições pelo extinto PFL, atual DEM. Ele também atuou como secretário das Cidades em governos do PSB em Pernambuco.


Para o parlamentar, a eleição de três representantes de Pernambuco para uma Mesa Diretora com sete titulares é um “fato a ser comemorado”.


André de Paula recebeu a indicação da bancada para assumir o cargo de direção e acredita que a atual Legislatura será importante para a "pacificação" da Câmara dos Deputados.


"Uma das missões é a pacificação do Legislativo. Acredito que temos todas as condições para fazer essa harmonia na Câmara e no Senado e entre os poderes", declarou.


O deputado André de Paula (PSD-PE) foi escolhido o segundo vice-presidente da Câmara — Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados



Para o parlamentar, seu trabalho ao longo dos anos foi reconhecido na Câmara. “Tenho um perfil de conciliação e acredito que teremos todas as condições de conseguir a harmonia no Legislativo”, declarou.


Com o olhar voltado para o estado, o deputado acredita que será relevante trabalhar com os líderes de bancadas, também pernambucanos, para buscar apoio para as administrações locais. “Vamos trabalhar em parceria com o governo e com as prefeituras, disse.



Marília Arraes (PT-PE) foi eleita para a segunda-secretaria da Câmara dos Deputados — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press



Aos 36 anos, em seu primeiro mandato de deputada, Marília Arraes foi a única integrante da Mesa que teve de disputar o cargo. Ela venceu João Daniel (PT-SE), em segundo turno de votação.


Marília Arraes, que perdeu a disputa para a prefeitura do Recife, em 2020, para o primo João Campos (PSB), filho do ex-governador Eduardo Campos, será uma das três mulheres na Mesa Diretora.


Ela é, atualmente, a única deputada federal mulher eleita por Pernambuco. Na segunda-secretaria da Câmara, ela vai cuidar das relações internacionais e dos passaportes diplomáticos dos parlamentares.


Advogada, Marília disse que uma das metas é a "pacificação" da Câmara dos Deputados, embora acredite que haverá obstáculos. "São três mulheres na Mesa e isso é muito importante para o que devemos fazer", afirmou.



Para a parlamentar, é preciso avançar nas pautas de interesse-geral para a sociedade, fugindo de assuntos de costumes, defendidos pelo Palácio do Planalto. "Os assuntos de costumes são uma cortina de fumaça. E isso é negociado pelo Centrão com o governo", observou.


Para Marília, uma questão relevante é a reforma tributária, que deve avançar na Câmara. "Precisamos fazer com essa reforma atinja o objetivo, que é superar as desigualdades sociais e evitar que ricos fiquem ainda mais ricos", disse.


Sobre a eleição de três representantes e Pernambuco para Mesa, Marília Arraes afirmou que é um motivo para comemorar. "O estado recupera a relevância política no cenário nacional", declarou.


Deputado Luciano Bivar agora é o primeiro-secretário da Câmara — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil



Presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, de 76 anos, está no segundo mandato na Câmara dos Deputados. Ex-dirigente de futebol e administrador de empresas, ele liderou o partido durante a campanha presidencial de 2018, que elegeu Jair Bolsonaro à presidência da República.


Em 2019, o parlamentar foi investigado pela Polícia Federal por causa de denúncias de candidaturas laranja. A candidata a deputada federal Lourdes Paixão, que não se elegeu, teve as contas reprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE).


A primeira-secretaria, considerada a “prefeitura” da Câmara, é responsável pela administração da Casa. Entre as atribuições, está a decisão de como serão usados os recursos.



O G1 entrou em contato com a assessoria do parlamentar e solicitou uma entrevista. Por meio de nota, enviada às 19h20, o deputado se posicionou sobre a eleição na Mesa.


Ele disse que a Câmara precisa ter um "funcionamento perfeito com as secretarias e as vice-presidências". Afirmou, ainda, que tem a convicção de que a "casa caminha bem".


Nos últimos dois anos, Luciano Bivar ocupou o cargo de segundo vice-presidente. No período, substituiu o presidente e o primeiro vice-presidente e examinou os pedidos de ressarcimento de despesa média dos deputados.




Confira os eleitos:




Primeiro vice-presidente: Marcelo Ramos (PL-AM)


Substitui o presidente e elabora pareceres sobre projetos de resolução.


Segundo vice-presidente: André de Paula (PSD-PE)


Substitui o presidente ou o 1º vice e examina os pedidos de ressarcimento de despesa médica dos deputados.


1º secretário: Luciano Bivar (PSL-PE)


É responsável pelo gerenciamento do orçamento da Câmara, aprovando, por exemplo, obras e reformas.


2º secretário: Marília Arraes (PT-PE)


Trata de assuntos pertinentes a passaportes diplomáticos.


3º secretário: Rose Modesto (PSDB-MS)


Autoriza reembolso de passagens aéreas e analisa pedidos de licença e justificativas de faltas.


4ª secretária: Rosângela Gomes (Republicanos-RJ)


Supervisiona a concessão de apartamentos funcionais e o pagamento de auxílio-moradia aos deputados.




Suplentes, que substituem os titulares nas ausências e participam de reuniões da Mesa:





Eduardo Bismarck (PDT-CE)
Alexande Leite (DEM-SP)
Gilberto Nascimento (PSC-SP)
Cassio Andrade (PSB-PA)

G1

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »