Defesa de Trump pede ao Senado para rejeitar acusação 'descaradamente inconstitucional'

sexta-feira, fevereiro 12, 2021
A defesa do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump abriu nesta sexta-feira (12) sua argumentação pedindo ao Senado que rejeite a acusação feita pelos democratas por ser uma "vingança política" e "descaradamente inconstitucional".


"As acusações do impeachment são um ato de vingança política e são descaradamente inconstitucionais", disse o advogado Michael Van Der Veen.


O ex-presidente republicano é acusado de "incitação à insurreição" pela invasão do Capitólio por seus apoiadores em 6 de janeiro.


No entanto, segundo o advogado, a convocação deveria ser um ato pacífico.


"Não se equivoquem sobre isso, a grande maioria das pessoas que participaram tiveram uma atitude pacífica", disse Van Der Veen.


O advogado apontou que "assim como outra caça às bruxas motivadas politicamente e empreendidas pela esquerda nos últimos anos, este julgamento político está absolutamente separado dos fatos".


"O Senado deveria votar de forma rápida e decidida para rejeitá-lo", pediu a defesa.


Os representantes democratas - que agem como promotores no proceso - concluíram sua apresentação na quinta-feira, após dois dias de alegações com uma forte carga emocional sobre o que os legisladores e policiais viveram no dia do ataque ao Capitólio.


Em um indício de que tentarão terminar rapidamente com o processo no Senado, os advogados de Trump afirmaram que usarão entre três e quatro horas para argumentar seu caso, do total de 16 que dispõem.

AFP

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »