Presidente do Sport confirma eleição para 5 de março

quarta-feira, janeiro 27, 2021
A eleição do Sport tem data definida. Após algumas incertezas, o pleito para o biênio 2021/22 está marcado para o dia 5 de março, de maneira presencial. Antes prevista para acontecer em 18 de dezembro, a escolha pelo novo presidente do clube foi adiada para depois do fim do Campeonato Brasileiro pelo Conselho Deliberativo. A informação foi confirmada pelo presidente em exercício do Leão, Carlos Frederico.


"Definimos o dia da eleição e o edital será publicado a partir do dia 1º de fevereiro. Então, os prazos para a inscrição das chapas começarão a ser contados. Tivemos que refazer todo o processo que havia iniciado em dezembro", detalhou o presidente. Ainda de acordo o mandatário, a eleição pode sofrer alteração de data, caso a vacinação contra o novo coronavírus aconteça em passos lentos. Vale lembrar, que em Pernambuco, o governo proibiu eventos corporativos e sociais até o dia 25 de fevereiro.

"Quero deixar bem claro que esta data está sujeita à alteração por conta da pandemia. Dependemos das autoridades sanitárias, vamos fazer a solicitação. Torcemos para que, até lá, a vacinação esteja avançada, com o objetivo de realizar o pleito com segurança", explicou.

Até o momento, o Sport tem cinco pré-candidatos à presidência do clube. Os advogados Eduardo Carvalho, Pedro Leonardo Lacerda e Delmiro Gouveia, o ex-diretor de futebol Nelo Campos e o economista Luiz Carlos Belém. Entre estes, Eduardo Carvalho e Nelo Campos chegaram a entrar na Justiça para que o pleito ocorresse em dezembro, enquanto os demais concordaram com a decisão do CD em adiar para depois do término do Brasileiro. De acordo com Carlos Frederico, não havia uma preferência, por parte da situação, de uma data para a realização da eleição.

"Não existe um desejo pessoal meu (de data da eleição). Eu atendo o que o Conselho Deliberativo determina. O Sport é um colegiado, tem um conselho... é como se fosse uma câmara, um congresso. Não tem como o presidente legislar e ordenar certos assuntos, e a eleição é um deles. Só estou executando o decidido", relatou.

A situação ainda não lançou um candidato para concorrer ao pleito. Nos bastidores, o nome de Augusto Caldas, diretor de futebol do clube, aparece como um dos mais cotados. Carlos Frederico deixou claro que tem preferido não se envolver na questão do escolhido e que só quer "conduzir o pleito para que a eleição ocorra com segurança, de todas as formas."

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »