Motociclistas pegam contramão e atropelam grupo de ciclistas na Via Mangue para fugir de blitz da Lei Seca, no Recife

sexta-feira, janeiro 15, 2021
Um grupo de ciclistas foi atropelado por três motociclistas na Via Mangue, na Zona Sul do Recife, na noite da quinta-feira (14). Segundo a Polícia Civil, dois ciclistas ficaram feridos, um homem de 59 anos e outro de 33 anos. Um dos motociclistas, de 25 anos, foi detido e encaminhado à Delegacia de Boa Viagem (veja vídeo acima).


O atropelamento ocorreu durante uma blitz da Operação Lei Seca realizada na Avenida Herculano Bandeira, no bairro do Pina, também na Zona Sul da cidade. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o grupo de motociclistas, após identificar a estrutura de fiscalização, tentou fugir realizando um trajeto na contramão na Ponte Governador Paulo Guerra, buscando acesso à Via Mangue.


Os condutores das motos, ao perceberem que estavam sendo monitorados de motocicletas pelos agentes da Operação Lei Seca, tentaram novamente retornar pela contramão, mas, durante essa manobra, os motociclistas atropelaram um grupo de ciclistas que circulava na região, segundo a SES.


Pelo menos quatro grupos de pedal estavam na via, segundo o técnico de informática Saulo Goberto Marinho, um dos ciclistas. Ele estava à frente do pelotão e foi o primeiro a ser atingido pelos motociclistas.


“Foi muito rápido, foi logo na curva. Quando a gente viu os motoqueiros passando, logo em seguida tinha uma blitz da Lei Seca. De repente, os motoqueiros já estavam voltando na contramão, pelo acostamento”, contou Saulo.



Atropelamento ocorreu quando motociclistas resolveram fugir de blitz da Operação Lei Seca, na Zona Sul do Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp



Ainda de acordo com ele, esse tipo de acidente é motivo de alerta para todos que fazem parte do trânsito. “A forma que eles vieram, pela contramão, isso aí não se faz de forma nenhuma. Para mim, isso aí foi completamente negligência”, afirmou.


Os agentes da Operação Lei Seca deram início aos protocolos de atendimento e acionaram as equipes do Samu e Corpo de Bombeiros para socorrer os ciclistas feridos. “Após o acidente, a prioridade dos profissionais da Operação Lei Seca, naquele momento, passou a ser o atendimento às vítimas”, disse a SES, em nota.


Com relação aos dois feridos, o de maior idade foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área central do Recife. De acordo com o Samu, ele tem 56 anos, em vez de 59 anos, como informado pela Polícia Civil.


Como o nome dele não foi divulgado, não foi possível ter acesso ao estado de saúde do paciente. Quanto ao segundo ferido no atropelamento, o nome dele e o local para onde foi socorrido também não foram informados.


Em nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado na Delegacia de Boa Viagem como lesão corporal e que o motociclista levado ao local foi autuado pelo crime e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), respondendo à Justiça em liberdade pelo ocorrido.

G1

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »