Hereda ressalta crescimento do Náutico após chegada de Hélio dos Anjos

sexta-feira, janeiro 22, 2021
Quando chegou ao Náutico, antes da 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Hélio dos Anjos pegou o clube na 17ª posição, com 20 pontos, quatro a menos que o Vitória, então 16º colocado, com 24. Na 24ª rodada, a distância chegou a ser de sete pontos para deixar a zona de rebaixamento. O cenário conturbado foi, aos poucos, diminuindo. Hoje, faltando duas partidas para a conclusão do torneio, o Timbu é o 15º, com 42 pontos.

“Foi um processo doloroso, mas sabíamos da capacidade do nosso time. Quando o professor Hélio chegou, ele disse que poderíamos conseguir coisas maiores”, citou o lateral-direito Hereda.

Nos 15 jogos sob o novo comando, o Náutico venceu seis, empatou quatro e perdeu cinco. Diante do Cruzeiro, domingo (24), no Independência, o Timbu pode se livrar matematicamente do risco de queda. Basta empatar e torcer por um tropeço do Figueirense, que duela nesta sexta (22), com o Juventude, em Caxias do Sul.

A confiança para um bom resultado em Minas passa também por uma repetição do bom entrosamento entre Hereda e Erick. Na goleada por 4x1, diante do Oeste, nos Aflitos, a dupla se entendeu bem. O camisa 33 deu ótima assistência para o gol do lateral, que abriu a contagem no triunfo.

“Jogar com ele é fácil. Tem muita qualidade, é habilidoso e espero fazer essa dobradinha sempre”, declarou.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »