Compaz da Várzea pode ganhar nome de Francisco Brennand

terça-feira, janeiro 12, 2021
O Centro Comunitário da Paz (Compaz) a ser construído no bairro da Várzea pode receber o nome de uma personalidade bastante associada à região: o artista plástico Francisco de Paula Coimbra de Almeida Brennand. A proposta da homenagem é do vereador Davi Muniz (PSB), autor do projeto de lei nº 08/2020, que tramita na Câmara do Recife. De acordo com o parlamentar, Brennand era um “símbolo de brasilidade pernambucano, um ceramista, pintor, desenhista e escultor que desafiava o convencionalismo e reinventava formas e cores com sua arte pujante, criativa e ousada”.

O Compaz da Várzea é um dos dois equipamentos do tipo previstos pela Prefeitura do Recife a serem construídos em breve. Além da Várzea, o bairro do Pina, na Zona Sul, também deve ser contemplado.

No texto de justificativa do projeto de lei, Davi Muniz explica que a homenagem a Brennand vai “contribuir para que seu legado permaneça vivo e sirva de inspiração para aqueles que se dedicam à prática do bem comum”.

Nascido no Recife em junho de 1927, Francisco Brennand ganhou notoriedade por seu trabalho em cerâmica e escultura. Foi participante do Movimento Armorial fundado por Ariano Suassuna e chegou a receber projeção internacional, tendo executado trabalhos como o mural da fachada do prédio da fabricante de bebidas Bacardi, em Miami, nos Estados Unidos.

Da Oficina Cerâmica Francisco Brennand, um ateliê-museu localizado na Várzea, saíram obras que se espalham pela capital pernambucana, em locais como o Parque das Esculturas, no bairro do Recife Antigo. O artista faleceu em dezembro de 2019, aos 92 anos, no Recife.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »