Casos de família em Garanhuns

sexta-feira, janeiro 22, 2021
A briga na administração em Garanhuns parece longe do fim. Questões pessoais estão atravessando a política local. Desta vez, o presidente da Câmara Municipal, Johny Albino (PSB), rebateu o vereador Gersinho (PTB).

Johny respondeu às acusações feitas de nepotismo por nomear o sobrinho Cayo Albino, filho do prefeito Sivaldo, para um cargo na Casa Legislativa. “A nomeação está conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal, que já reconheceu que gestores podem nomear parentes em cargos de extrema confiança. Eu estive no Tribunal de Contas do Estado sabendo da legalidade da nomeação e recebi a posição de que poderia ser feita”, disse.

O presidente da Câmara também questionou Gersinho pelo fato de o colega de parlamento ter indicado o pai para um cargo estratégico quando o petebista chefiava a Casa. “Você, quando foi presidente desta Casa, nomeou seu pai como gerente. Quando você esteve na Secretaria de Agricultura, nomeou seu irmão em um cargo no seu gabinete. Colocou a sogra do seu pai, sua esposa estava na Secretaria de Saúde, sua cunhada e seus primos. Você tem primos no gabinete”, prosseguiu. Johny também cobrou “honestidade” do colega.

Cayo Albino, que é primo do vereador Gersinho, também se pronunciou sobre o caso em vídeo. “Por que você nunca questionou os desmandos do governo anterior? Você sempre foi omisso, nunca esteve atento aos anseios do povo. A resposta talvez seja simples: desespero. Desespero por não ter o que tinha na gestão passada, de tanta gente lá na Prefeitura, quando muitos apenas recebiam e não exerciam a sua verdadeira função”, disparou.

Diante dessa lavagem de roupa suja, Christina Rocha, apresentadora do programa televisivo "Casos de família", estaria apta a mediar esse conflito.

Blog do Magno

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »