Imip inicia celebração dos 20 anos de voluntariado nesta quinta-feira

quinta-feira, setembro 12, 2019
Desde 1999, os pacientes que chegam ao do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) são acolhidos e auxiliados por centenas de voluntários da instituição. Nesta sexta-feira (13), o setor de voluntariado comemora 20 anos de existência, com o apoio de pessoas que dedicam, ao menos, 4 horas semanais ao trabalho. As comemorações começam nesta quinta-feira (12), pela manhã, com a realização de uma missa em ação de graças na capela do Imip. Depois da cerimônia religiosa, voluntários que entraram no grupo há mais de dez anos receberão uma placa de réplica de turma.

De acordo com a organização, o trabalho do grupo começou uma equipe de 250 voluntários e, com o tempo, foi agregando mais pessoas, que são chamadas de “anjos dourados” no instituto. Hoje, o número cresceu para 500, com a atuação em apoio emocional aos pacientes e auxílio ao trabalho médico. “Eu sinto que cada ano nós crescemos mais, aprendemos mais e isto aqui é um aprendizado para o ser humano”, comentou a coordenadora do Voluntariado do Imip, Rejane Leão, que enfatiza a participação de quase todas as faixas etárias. De acordo com ela, participam voluntários de até 90 anos.

O trabalho das pessoas voluntárias consiste na execução de atividades como orientação e cuidados pessoais, animação em datas comemorativas, leitura para pacientes, biblioteca itinerante, salão de beleza e ações voltadas ao bem estar dos pacientes. “A importância desse trabalho é máxima para os pacientes. Nós os ajudamos a tranquilizar. Geralmente, eles deixam a família em casa e, nesse momento de crise econômica, muitos pensam na família que não tem como se sustentar. Então, nosso papel é de tranquilizar e acolher essas pessoas para que elas se sintam bem”, conta a coordenadora.

Segundo Rejane Leão, a principal característica para ser um voluntário do instituto é o compromisso com as atividades. Para participar, a pessoa deve estar com uma carga de 4 horas disponíveis na semana. “Pessoas acima de 21 anos devem se candidatar. Analisamos o perfil e temos algumas etapas, como entrevista, treinamento específico e seguir as normas do setor trabalhado. É importante ter esse compromisso. Além disso, é essencial que a pessoa esteja bem consigo mesma, com a saúde e equilíbrio mental, para auxiliar os pacientes”, salienta a coordenadora.

As comemorações de duas décadas do grupo vão acontecer durante toda esta quinta-feira (12). Além da missa e a condecoração dos voluntários, pela manhã, vai haver uma apresentação musical e corte do bolo, entre o fim da tarde e a noite, no círculo militar. Nas ocasiões, voluntários de diferentes anos de atuação receberão bottons.



FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »