Programa Mais Vida nos Morros revitaliza ruas

sábado, junho 08, 2019
Antes da intervenção realizada em parceria com o programa Mais Vida nos Morros, da Prefeitura do Recife (PCR), “a rua Pedra Bonita, de bonito só tinha mesmo o nome”. A fala é do produtor cultural Cláudio Dias, que soube da existência do projeto quando a gestão municipal o realizou no vizinho Mor­ro da Conceição. Na última sexta-feira, a via do Vasco da Gama, bairro da Zona Norte, composta ma­joritariamente por uma escadaria de cerca de 90 metros, já não era a mesma.

A casa de nº 35 adquiriu uma fachada de tom amarelo, a inscrição “Jesus” e os detalhes com flores. Nela, mora Maria Olímpia, 72 anos, que viu a construção da rua “quando ainda era barro e não haviam degraus”. Em comparação ao passado recente, não titubeia. “Agora é Pedra Bonita, antes não. Era muito lixo, sujeira e bagunça”, contou a aposentada. A nova identidade visual do local marcou os três anos do programa que será ampliado para 30 áreas até o fim de setembro. “Também faremos um esforço para ter mais capilaridade na Zona Sul, como Ibura, Jordão e outros bairros da RPA-4”, destacou o secretário-executivo de Inovação Urbana, Tullio Ponzi.


Morando no local há 30 anos, a doméstica Nadir Inácio, 54, mora no local e também celebrou. Ela ficou responsável por regar as plantinhas no jardim vertical projetado no muro em frente de casa. “Nunca vi tão bonito assim. É bom, inclusive, pras crianças que estudam aqui. Espero que a comunidade continue limpando e zelando.” Diariamente, 285 crianças sobem ou descem as escadarias para ir a escola municipal Boa Esperança, no centro do trajeto.

O porteiro Claiton Lima do Monte, 37, também foi convocado pelos moradores para se voluntariar na revitalização da via. “Se é pra comunidade, nosso envolvimento é natural”, explicou Claiton. O engajamento dos moradores foi preponderante para a escolha do local. “A participação de todos é a grande essência. Muitas vezes o movimento parte do próprio bairro para chegar à Prefeitura e isso é o mais importante, porque [eles] fazem e mantém também”, observou o prefeito Geraldo Julio.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »