Porto Digital lança plano para graduação

terça-feira, junho 04, 2019
Buscando mais profissionais para preencher as 900 vagas disponíveis nas empresas do setor, o Porto Digital lançou um plano de formação profissional em parceria com instituições de ensino superior no Recife. Na oportunidade, foram apresentados novos cursos de especialização e graduação, com foco em desenvolvimento de software e negócios.

As matrizes curriculares foram construídas com a participação do conjunto de empresários do parque para atender à demanda atual por profissionais e garantir o crescimento sustentável do polo tecnológico. Os cursos serão ofertados pelo Centro Universitário Tiradentes (UNIT), Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e Fundação Dom Cabral. Entre os cursos oferecidos estão o Superior Tecnólogo em Desenvolvimento de Softwares, Especialização em Desenvolvimento de Software, Graduação em Jogos Digitais, Superior Tecnólogo em Ciências da Computação, e Especialização em Gestão & Transformação Digital.

As atividades terão início já no segundo semestre de 2019, com as aulas focadas no desenvolvimento de competências e habilidades requisitadas pelo mercado. Entre os diferenciais dos cursos co-branding (parceria entre instituição de ensino e Porto Digital) está a Residência, modelo semelhante ao do aplicado na medicina. A ideia é que os profissionais em formação já se integrem às empresas do parque por meio de imersão. “Isso é para que o jovem já aprenda fazendo e também porque as próprias empresas podem ver quem são os talentos”, explica o presidente do Porto Digital, Pierre Lucena. “Queremos que o aluno entre no primeiro semestre e que no segundo ele já esteja estagiando”, completa.

A criação dos cursos co-branding surgiu de uma necessidade global, mas também do parque. Atualmente, as empresas embarcadas no Porto Digital contam com cerca de 900 vagas em aberto. Além dessa capacidade ociosa, o parque tecnológico tem previsão de dobrar de tamanho em número de profissionais e de empresas nos próximos cinco anos - ou seja, sair dos 9 mil colaboradores para cerca de 20 mil, e de 328 empresas para 600 até 2024.

No encontro estavam presentes o presidente do Conselho de Administração do Porto Digital, Silvio Meira; o presidente executivo do Porto Digital, Pierre Lucena, o presidente do Softex Recife, Alcides Pires, além de representantes das instituições que participam da parceria e que serão responsáveis pela realização dos cursos.

Meira, abrindo o evento, destacou que esta não deverá ser a única iniciativa do Porto Digital para fomentação de novos profissionais. “Isso marca a primeira iniciativa de muitas. Nós poderíamos ter até 40 mil pessoas trabalhando por aqui se existissem essas pessoas. Por isso precisamos resolver este problema e continuar fazendo”, explicou.



FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »