Paulo Câmara: “Não vamos admitir em Pernambuco retrocessos e ameaças ao meio ambiente”

quinta-feira, junho 06, 2019
Em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta quarta-feira (05.06), o governador Paulo Câmara assegurou a conservação de mais de 22 mil hectares do bioma Caatinga. Em solenidade realizada no Parque de Dois Irmãos, o chefe do Executivo assinou decreto que cria duas novas Unidades de Conservação no Estado: a da Serras Caatingueiras - entre os municípios de Salgueiro e Cabrobó - e a da Serra do Giz, na divisa de Afogados da Ingazeira e Carnaíba.

A iniciativa foi uma entre várias realizadas pelo governador como forma de registrar a Semana do Meio Ambiente. após plantar uma muda de Pau-Brasil, Paulo Câmara reforçou a importância de reagir às ameaças de retrocesso nas questões ambientais no País. “O meio ambiente está sofrendo ameaças constantes no Brasil de hoje, ameaças de alteração de legislação, de postura de fiscalização, de pensamento. Essas ameaças, não vamos admitir de maneira nenhuma que cheguem a Pernambuco e atinjam a preservação das nossas reservas”, afirmou.

O evento, realizado em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), também incluiu a entrega do prédio-sede da Unidade Gestora do Parque e a definição de zonas para ligar os remanescentes de mata dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) Aldeia-Beberibe, que envolve parte dos municípios de Recife, Camaragibe, Paulista, Abreu e Lima, Igarassu, Araçoiaba, São Lourenço da Mata e Paudalho.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, Pernambuco possui três áreas sensíveis no plano de enfrentamento às mudanças climáticas. “Uma é a elevação do nível do mar. A outra é a gestão dos resíduos urbanos, mas, como parte do território de Pernambuco, por ser de clima semiárido, é suscetível à desertificação. Então, a criação das unidades de conservação permite que a população possa ter acesso a essa biodiversidade e, principalmente, à conservação dessa biodiversidade, e estamos aumentando o conjunto de unidades, contemplando também o Interior”, defendeu Bertotti.

Ainda durante a solenidade, o governador assinou projeto de lei que enviará à Assembleia Legislativa proibindo veículos à combustão no arquipélago de Fernando de Noronha. A medida veta a entrada de carros, motos, ônibus e caminhões que emitem dióxido de carbono, a partir de 10 de agosto de 2022, permitindo apenas a circulação de unidades que já existem na ilha. A nova legislação ainda prevê, de 2030 em diante, a retirada de todos os veículos movidos a gasolina, álcool e óleo diesel de Noronha.

Paulo Câmara também autorizou o início da construção da nova unidade de análises laboratoriais da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), no bairro de Dois Irmãos, com um investimento de R$ 3,4 milhões. A previsão de entrega é de oito meses. A gestão do contrato é da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos.

CORREDOR ECOLÓGICO - No evento, foi assinado o decreto de criação de áreas de corredor ecológico na APA Aldeia-Beberibe. A ideia é que a iniciativa passe a agrupar os projetos de reflorestamento, formando linhas verdes de conexão entre as cinco UCs que estão inseridas na APA, estimulando inclusive a criação de reservas particulares do patrimônio natural (RPPNs).

HORTA EM TODO O CANTO - O Parque de Dois Irmãos agora conta com horta orgânica, localizada próxima à Cidade das Crianças. O equipamento, divulgado nesta quarta-feira, tem cinco canteiros, cada um com 10 metros de comprimento. A iniciativa faz parte do Programa Horta em Todo Canto, lançado em agosto de 2016, através de uma iniciativa da primeira-dama Ana Luiza Câmara. A proposta é estimular a promoção da qualidade de vida por meio da orientação técnica sobre horticultura e o consumo de produtos cultivados sem agrotóxicos.

Estavam presentes à solenidade a vice-governadora Luciana Santos; os secretários Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos) e Aluísio Lessa (Ciência e Tecnologia); os secretários-executivos José Mauricio (Casa Civil) e Inamara Melo (Meio Ambiente e Sustentabilidade); o diretor-presidente em exercício da Compesa, Ricardo Barretto; o administrador de Fernando de Noronha, Guilherme Rocha; o diretor-presidente da CPRH, Djalma Paes; o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife, José Neves; o promotor de Justiça André Felipe; o reitor da UPE, Pedro Falcão; a gerente-geral do Parque Estadual de Dois Irmãos, Paula Falbo; e os prefeitos Ana Célia (Surubim), Anchieta Patriota (Carnaíba) e Marcilio (Cabrobó).

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »