Mutirão renegociará dívidas no Recife

terça-feira, junho 04, 2019
Moradores residentes na cidade do Recife terão a oportunidade de negociar dívidas reconhecidas. De terça (4) até sexta-feira (7), o Procon Recife vai realizar o Mutirão de Negociação de Dívidas, no Compaz Ariano Suassuna, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do município. Com horário para atendimento das 8h às 17h, a ação deve receber 2.000 pessoas para negociarem seus débitos com diversas empresas. A expectativa do órgão é que sejam negociados mais de R$ 1 milhão em dívidas, incluindo todas as empresas.

Entre as empresas que estarão presentes no mutirão estão bancos (Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander, Itaú e o já liquidado Banco Azteca), todas as companhias de telefonia, Celpe e Compesa. “Esses atendimentos não serão para pessoas com dívidas a serem discutidas se realmente existem. São para dívidas já reconhecidas. Devemos atender cerca de 2.000 pessoas, e a depender do tempo de atendimento poderemos estender para 2.500 pessoas”, informou Ana Paula Jardim, presidente do Procon Recife.

A partir das 6h de cada dia serão distribuídas as fichas de atendimento. Uma segunda quantidade menor de fichas serão entregues às 13h. “Os consumidores devem levar uma cópia e os documentos originais do RG, CPF e comprovante de residência. Além disso, é importante levar algum documento que comprove as dívidas, como notas fiscais e cartas de débito”, comunicou Ana Paula.

Os atendimentos serão acompanhados por advogados do Procon para discutir o cumprimento dos acordos, se necessário. “O mutirão tem uma proposta diferenciada, até para oferecer exclusão de juros e multa. A depender da dívida, a negociação pode chegar até a 90% de desconto do débito”, explicou Ana Paula. Cartões de crédito e empréstimos bancários são os maiores volumes de dívidas identificadas pelo Procon. “Os bancos estarão presentes e poderão dar um retorno na hora. É uma chance importante para as pessoas porque os juros de cartão de crédito chegam a 300% ao ano”, disse Ana Paula.

No cenário de crise econômica, essa é uma oportunidade de as pessoas voltarem a consumir. “Percebemos que o endividamento não é porque as pessoas querem, mas sim, pelo momento de redução de renda familiar, desemprego inesperado e até doenças. Então a negociação é uma forma de resgate da cidadania, de recuperação de crédito e da volta ao mercado de consumo”, destacou a presidente do Procon Recife. O telefone de contato do Procon Recife é o 3355-3290. O atendimento ao público também é feito pelo e-mail procon@recife.pe.gov.br.




FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »