Presos suspeitos de assaltar e manter turistas reféns em Porto de Galinhas

quinta-feira, fevereiro 14, 2019
Turistas que estavam de passeio na praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife (RMR), foram roubados e mantidos reféns por sete criminosos por cerca de três horas no último sábado (8). Os bandidos conseguiram levar todos os bens das vítimas e cerca de R$ 2.500. Na terça-feira (11), três suspeitos foram presos em Sirinhaém, município também do litoral Sul, e reconhecidos pelas vítimas.

Os outros quatro assaltantes já foram identificados e estão sendo procurados pela Polícia Civil de Pernambuco. Todos os pertences - entre eles seis celulares e uma câmera fotográfica - foram recuperados, afirmou o titular de Ipojuca, o delegado Ney Luiz. Ainda foram apreendidos uma pistola e um facão que eram utilizados pelo grupo nas práticas criminosas.

“Dois casais, um de São Paulo e outro de Paraná, estavam de carro indo à praia de Carneiros quando, na PE-60, o carro sofreu uma pane e tiveram que parar às margens da rodovia. Foi nessa hora que três criminosos saíram armados com armas de fogo e levaram os casais para uma área de canavial onde subtraíram todos os seus bens”, disse o delegado.

Segundo o delegado, uma das vítimas foi depois levada por um dos criminosos de moto a uma agência bancária, onde ela sacou todo o dinheiro que havia na conta bancária, aproximadamente R$ 2.500. “Depois de sacarem o dinheiro, retornaram ao local onde as outras vítimas estavam sendo mantidas e as soltaram", contou Ney Luiz.

Presos, os suspeitos Alexandre Mateus Pinheiro, Erinaldo Firmino dos Santos e Allan Guilherme José de Souza já estão recolhidos ao Centro de Observação e Triagem Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na RMR. O delegado relatou que a ajuda das vítimas nas investigações foi de extrema importância. “Mesmo depois das vítimas registrarem o BO, elas retornaram à delegacia reconhecer os criminosos”, afirmou o delegado.

“A Polícia Civil de Pernambuco já vinha investigando esse grupo criminoso com atuação em todo o Litoral Sul de Pernambuco. Tínhamos conhecimento de quatro a cinco roubos praticados por essa quadrilha”, disse o delegado. Os criminosos vão responder pelos crimes de roubo extorsão mediante sequestro, corrupção de menores, associação criminosa e porte ilegal de arma.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »