Praia Sem Barreiras aporta no Cabo de Santo Agostinho

quinta-feira, fevereiro 14, 2019
Suape será a primeira praia do município do Cabo de Santo Agostinho a receber o programa Praia Sem Barreiras. O superintendente estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead), Edimilson Silva, esteve no local para participar de uma reunião com a equipe da secretaria de Projetos Especiais do município e da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur) para definir os encaminhamentos e as necessidades estruturais que devem ser executadas para implementar o programa na orla.

De acordo com o superintendente, o município estava entre as regiões mais requisitadas pelos segmentos sociais de apoio à pessoa com deficiência do Estado. “Haviam muitos pedidos para levar o programa às praias do Cabo e, a partir de articulações entre o Estado e o Município, estamos caminhando para tornar acessível a praia de Suape e garantir que as pessoas com deficiência tenham acesso a mais opções de lazer. Dessa forma, iremos desconstruir os estigmas e promover cidadania”, pontua Edimilson.

Além de Suape, a secretária de Projetos Especiais do Cabo, Edna Gomes, destaca que Gaibú também está entre as pretensões da prefeitura. “Nosso plano piloto será em Suape, mas estamos planejando levar a proposta para Gaibú também. Essas são as duas praias que, a partir de análises, possuem estrutura demográfica que possibilita a implantação do programa”, destaca.

Para receber o Praia Sem Barreiras, a arquiteta e urbanista da Empetur, Ana Giselle Silva, detalha que é indicado que o local tenha relevância turística, transporte público próximo e disponibilidade de realizar adaptações, caso seja necessário. “Com esses pontos principais, partimos para detalhar as diretrizes de intervenção que precisam acontecer no local, passo que vamos dar em Suape a partir de hoje. Com a visita, vamos analisar o que é preciso ser feito e, a partir desse estudo, encaminharemos um relatório para o município e para a Sead”, ressalta.

Com a implementação do Praia Sem Barreiras, o litoral do Cabo vai passar a ser rota de lazer do programa PE Conduz, projeto coordenado pela Secretaria estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), por meio da Sead, que disponibiliza vans adaptadas que buscam pessoas usuárias de cadeira de rodas em suas residências para tratamentos de saúde e, aos fins de semana, para pontos de diversão. “É um programa que elimina a falta de acessibilidade por garantir e facilitar a locomoção. Além disso, o PE Conduz, que foi criado na gestão do ex-governador Eduardo Campos e continuou em expansão na administração do governador Paulo Câmara, é muito importante por oferecer autonomia às pessoas com deficiência e isso tem mudado de forma significativa a vida delas”, frisa o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes.

No Estado, as cidades do Recife, Porto de Galinhas, Tamandaré, Fernando de Noronha e Goiana já têm o programa. Segundo a Empetur, há o interesse de levar a proposta para o interior de Pernambuco, em regiões próximas a rios, e no Litoral Norte.

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »