Náutico e Salgueiro fazem duelo de artilharias calibradas

quarta-feira, fevereiro 27, 2019
O duelo entre Náutico e Salgueiro, nesta quarta-feira (27), nos Aflitos, pelo Campeonato Pernambucano, promete, ao menos na teoria, ser recheado de gols. Isso porque os dois clubes apresentam números expressivos no setor ofensivo. Com 24 bolas na rede em 12 jogos, o Timbu tem o segundo melhor ataque do País, atrás apenas do Atlético/MG, com um tento acima. Já o Salgueiro é o clube mais goleador do Estadual, marcando 17 vezes em cinco confrontos - o vice-líder no quesito, inclusive, é o Alvirrubro, com um gol abaixo. No último encontro entre as equipes, no Cornélio de Barros, pela Copa do Nordeste deste ano, a partida terminou empatada em 1x1.

Dos 24 gols marcados pelo Náutico, 16 foram pelo Campeonato Pernambucano, seis pela Copa do Nordeste e dois pela Copa do Brasil. A partida com mais bolas na rede foi diante do Petrolina, pelo Estadual, nos Aflitos, com uma goleada por 5x0. O clube está em terceiro na classificação, com 12 pontos. Em compensação, o Timbu já sofreu 16 tentos em 2019, média de 0,6 por partida, uma das piores do Brasil.

“Fazer muitos gols não pode significar que você também vai tomar muitos por ser um time ofensivo. Quando você pega alguns gols que tomamos, como nos últimos dois jogos (do Pernambucano), percebe que eles foram de lateral. Ganhamos a primeira bola e não conseguimos ganhar a segunda. São erros que proporcionam problemas. Poderíamos ter números melhores na parte defensiva, mas tomamos gols por falta de atenção. Precisamos melhorar nesse aspecto para minimizar esses erros”, afirmou o treinador.

Já o Salgueiro tem 20 gols ao todo no ano. A média do Carcará é idêntica a do Timbu: dois por jogo, já que os sertanejos disputaram dez partidas até o momento. Foram 17 tentos pelo Campeonato Pernambucano e três pela Copa do Nordeste. O placar mais elástico foi no triunfo por 6x1 ante o Vitória, pelo Estadual, no Cornélio de Barros. Os sertanejos ocupam o quinto lugar, com 10.

Para o confronto, o técnico Márcio Goiano deu a entender que pode fazer mais observações no time titular. Certo mesmo é que os atacantes Jorge Henrique e Wallace Pernambucano continuam fora do time por conta de lesão. Fábio Matos e Odilávio podem ganhar mais uma oportunidade na equipe. Assim como o volante Josa, elogiado após ser improvisado na lateral esquerda na partida passada.

Ficha técnica

Náutico
Bruno; Hereda, Sueliton, Diego Silva e Josa; Jiménez, Luiz Henrique e Fábio Matos; Thiago, Robinho e Odilávio. Técnico: Márcio Goiano
Salgueiro
Luciano; Guilherme, Jamerson, Joãozinho e Kevyn; Bruno, Escuro e Tarcísio; Thomas Anderson, Muller Fernandes e Willian Anicete. Técnico: Sérgio China

Local: Aflitos (Recife/PE)
Horário: 21h30. Árbitro: Luiz Sobral. Assistentes: Bruno Vieira e Fernando Antônio. Transmissão TV: Premiere FC.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »