Ex-mascote do Sport é preso por suspeita de estupro

quinta-feira, fevereiro 21, 2019
Anderson Joaquim da Silva, 38 anos, que ficou conhecido em Pernambuco por dar vida ao mascote Léo do Sport Clube do Recife, foi preso na noite dessa quarta-feira (20) por suspeita de estupro de vulnerável na Ilha de Itamaracá, Litoral Norte do estado. Após a descoberta da investigação, o suspeito vendeu sua casa no município de Camaragibe e se instalou no local aonde foi encontrado.

De acordo com o delegado Breno Varejão, Anderson está sendo investigado por dois casos — um aconteceu há oito anos, na época a vítima tinha seis anos, e o outro no final do ano passado, uma adolescente de 14 anos.

Anderson está na Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Camaragibe. O crime de estupro de vulnerável tem pena prevista de oito a 15 anos.

Diário de Pernambuco

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »