Dois sargentos são expulsos da PM após permitir roubo de capacetes, cadeiras e lanternas por funcionários do Ipem

quinta-feira, fevereiro 07, 2019
Dois sargentos foram expulsos da Polícia Militar por terem permitido a entrada de funcionários do Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem) no depósito do órgão, no Recife, para roubar materiais.


Edson Gomes da Silva e Gediel Severino do Nascimento foram excluídos por meio de portaria assinada pelo secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, e publicada no Diário Oficial do estado desta quarta-feira (6).


Os policiais militares atuavam na guarda patrimonial do Ipem. O caso ocorreu em fevereiro de 2014, quando foram roubados 22 capacetes, cinco cadeiras de plástico, cinco lanternas e três aplicadores de cola.


Na época, além dos materiais roubados, uma das câmeras do circuito interno de segurança foi danificada por um dos funcionários que participaram da investida.


Na decisão, o governo considera que os servidores públicos "feriram os preceitos éticos impostos aos militares do estado" e, por isso, demonstraram "não possuírem condições éticas de permanecerem integrando a Corporação militar do estado".


O processo está em andamento no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). O G1 busca contato com as defesas dos sargentos.

G1

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »