Velório da família Alves ocorreu sob forte comoção

quinta-feira, janeiro 03, 2019
Dor, lágrimas e muita comoção marcaram o velório da família Alves, na tarde desta quinta-feira (3), na Câmara Municipal dos Vereadores do Paulista, no Centro do município, região metropolitana do Recife.

Marcelo Ferreira Alves, sua esposa e o filho adotivo do casal Levi Ferreira Alves foram vítimas do capotamento de um carro que realizava transporte por aplicativo na noite da última segunda-feira, no KM 54,3 da BR-101, quando voltavam da casa do pastor evangélico Guilherme Alves - também filho do casal - no bairro de Boa Viagem, zona sul da capital, onde teriam ido comemorar a virada de ano.

Estavam presentes na cerimônia familiares, amigos e fiéis da igreja evangélica A Ponte, localizada no Cais do Apolo, no bairro Recife, onde Guilherme Alves é pastor. Além do casal e do filho Levi, o jovem Douglas Alex de Lima - também filho adotivo do casal - foi sepultado na tarde desta quinta-feira, às 15h, no Cemitério de Santo Amaro, região central do Recife.

O motorista do Uber, George Ricardo de Oliveira foi sepultado às 11h30 desta quinta-feira (3), no cemitério Parque da Flores.


Relembre o caso
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 19h20 dessa terça-feira (1º) depois que o condutor George Ricardo perdeu o controle do carro, invadiu o canteiro central da rodovia e caiu em um córrego de aproximadamente cinco metros de profundidade.

Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram encaminhadas ao local do acidente, mas todos faleceram antes da chegada do socorro. Segundo peritos do Instituto de Criminalística (IC), a alta velocidade do carro pode ter causado o acidente.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »