Sport encerra negociações e descarta renovação de Durval

quinta-feira, janeiro 31, 2019
A novela se arrastou por alguns dias, mas a história entre Durval e Sport parece ter chegado ao seu capítulo final. Em decisão compartilhada por todos os membros da diretoria atual, o clube bateu o martelo e decidiu por fim às negociações com o zagueiro de 38 anos. A informação foi confirmada pelo presidente do Sport, Milton Bivar, que está retornando ao Recife nesta quarta-feira (30). “A diretoria se reuniu e achou melhor não fazer contrato com ele. A negociação foi encerrada”, afirmou Milton.

Amigo pessoal do zagueiro, o mandatário leonino não quis entrar em detalhes sobre os motivos considerados para a tomada dessa decisão, mas deixou claro que não foi apenas um fator. “Não foi só a parte financeira. Tiveram algumas outras coisas que consideramos que não seria melhor para o clube. É um jogador que sempre terá nosso respeito, mas achamos por bem não renovar”, comentou o presidente rubro-negro. O jogador ainda tem salários atrasados a receber do Sport e isso também teria pesado no insucesso da negociação.

Em entrevista recente ao site Globoesporte.com, Durval afirmou que esse seria o seu último ano como jogador profissional de futebol, mas com a condição de que fosse no Sport. Aos 38 anos, Durval afirmou que não se via jogando por outro clube e que, caso não renovasse com o Leão, deveria estar se aposentado da carreira de atleta.

Com duas passagens pelo Sport e multicampeão na Ilha do Retiro, Durval é um dos maiores ídolos da história do clube. Capitão do histórico título da Copa do Brasil 2008, ainda fez história no Santos, aonde conquistou a tão sonhada Taça Libertadores da América, em 2011. Em 2005 já havia sido vice-campeão do torneio pelo Athletico/PR. Pelo Sport, ganhou seis estaduais (2006, 2007, 2008, 2009, 2014 e 2017), uma Copa do Nordeste (2014) e uma Copa do Brasil (2008).

Nos últimos dois anos, Durval acabou sofrendo uma queda técnica e já não conseguia maiores sequências como titular. No último ano, chegou a ganhar uma chance como titular no Brasileirão, contra o Atlético/MG, mas falhou em dois gols e foi expulso, passando a ser questionado ainda mais pela torcida.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »