Socioeducandas do Case Santa Luzia participam da Caravana Juventude em Movimento

quinta-feira, janeiro 17, 2019

Trinta e nove adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Santa Luzia, unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) que atende ao público feminino, estão participando, nesta semana, da Caravana Juventude em Movimento. Pela primeira vez, a unidade, que fica no Recife, está sendo contemplada com o evento, que inclui oficinas, palestras e cursos para as socioeducandas. As ações têm a parceria do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). O Case Santa Luzia é o quinto a receber a caravana em um período de seis meses.

Entre as atividades, estão os cursos de Reparo de Computadores e de Eletrônica Básica, que estão sendo ministrados por instrutores do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase e serão certificados pelo CIEE. Está ocorrendo também um ciclo de palestras de pré-qualificação para o mercado de trabalho, do CIEE. São abordados os temas “Marketing Pessoal”, Trabalho em Equipe”, “Currículo sem Segredo” e “Entrevista: como encará-la”. A jornada tem ainda a exibição de quatro filmes pela Fundarpe.

“Essa foi a nossa primeira experiência de caravana com o público feminino, e isso nos indica caminhos a seguir. A implantação do laboratório de Eletrônica no Case, que deve ocorrer até fevereiro, é decorrente do desempenho das meninas no curso de Eletrônica Básica, um dos oferecidos na caravana. Devemos destacar ainda o grande apoio do CIEE e da Fundarpe, preenchendo uma carga horária importante na nossa programação”, avalia o coordenador do Eixo Profissionalização da Funase, Normando Albuquerque.

No ano passado, a Caravana Juventude em Movimento já havia contemplado o Case/Cenip Garanhuns e o Case Caruaru, no Agreste do Estado, o Case Timbaúba, na Mata Norte, e o Case Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana. Na unidade voltada ao público feminino, a jornada de atividades seguirá até esta sexta-feira (18), dia em que serão entregues os certificados às socioeducandas que tiverem cumprido a carga horária.

Para a coordenadora técnica do Case Santa Luzia, Jailda Castro, ações como essas nas unidades de internação da Funase favorecem o crescimento intelectual das jovens. “Nós acreditamos que as palestras, os vídeos e os cursos contribuem para que as meninas possam compreender melhor a importância de um novo projeto vida, além de proporcionar uma possível inserção no mundo de trabalho. A caravana do jeito que está organizada favorece a integração entre as alunas, funcionários e instrutores”, afirma.

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »