Em negociação, zagueiro Ronaldo Alves define permanência no Sport até esta sexta-feira

terça-feira, janeiro 08, 2019
Rebaixado à Série B, o Sport terminou o Campeonato Brasileiro com a segunda pior defesa da competição. Foram 57 gols sofridos - mesma marca do lanterna Paraná. Para esta temporada, o baixo desempenho do setor junto à nova realidade financeira resultou em uma reformulação. Até agora, apenas dois defensores permanecem no elenco principal. Além da revelação Adryelson, está o zagueiro Ronaldo Alves, que não treinou nesta terça-feira. Esse último, no entanto, tem o futuro indefinido no clube e pode aumentar a lista de saídas.



Apesar de ter se reapresentado e de trabalhar na pré-temporada sob o comando do técnico Milton Cruz, Ronaldo Alves negocia uma possível saída do Sport. As duas partes ainda buscam um acordo em relação à dívida que o clube contraiu ao não pagar alguns salários do ano passado. O desfecho da situação, inclusive, tem até um prazo: a próxima sexta-feira.


“A gente está analisando algumas coisas e daqui para sexta-feira temos a definição”, disse o empresário do atleta Igor Albuquerque, que não adiantou se a possibilidade é maior do jogador sair ou permanecer na Ilha do Retiro. “Ainda não tem nenhuma situação para pender para algum lado”, acrescentou.


A declaração do agente também é o mesmo posicionamento adotado pelo diretor de futebol do Sport, Nelo Campos. “Tem as duas opções: a de ficar e a de sair”, declarou. Ainda segundo o gestor, o prazo inicial para decidir a situação do zagueiro é de fato até o fim desta semana.


Ronaldo Alves, de 29 anos, está no Sport desde 2016 quando foi comprado junto ao Náutico. Em 2018, o defensor renovou contrato até o fim de 2020 após receber uma oferta do Göztepe, clube da Turquia. Pelo Leão, disputou 111 partidas, marcou cinco gols e participou da conquista do Campeonato Pernambucano de 2017.
Outras saídas
O abatimento de dívidas salariais foi uma das estratégias adotadas pelo Sport para negociar jogadores e ajustar o caixa nesta temporada. Agenciado pelo mesmo empresário de Ronaldo Alves, o atacante Rogério abriu mão de valores a receber para acertar com o Bahia. O mesmo aconteceu com o atacante Mateus Gonçalves, que assinou contrato com o Fluminense.

Diário de Pernambuco

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »