Brasileira debate fenômeno Bolsonaro nos EUA

sábado, janeiro 19, 2019
A viagem foi financiada por uma rede de centros e departamentos acadêmicos dos EUA

A antropóloga Rosana Pinheiro-Machado foi convidada para fazer palestras em 18 universidades dos Estados Unidos para debater o fenômeno Jair Bolsonaro.

Pinheiro-Machado usará dados de sua pesquisa de dez anos realizada em uma comunidade de 50 mil pessoas de Porto Alegre. Ela vai falar sobre a queda do lulismo, a ascensão do bolsonarismo e as suas possíveis semelhanças com o governo de Donald Trump e a onda de extrema direita global.

O convite foi feito pela San Diego State University, que promove o tour que começa dia 26 de janeiro. Columbia, Brown University, Penn, Cornell University e University of California-Los Angeles, também estão entre as instituições de ensino que integram a turnê.

A viagem foi financiada por uma rede de centros e departamentos acadêmicos dos EUA, especialmente das áreas de ciências sociais e de América Latina.

Folha

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »