Trio é detido por suspeita de estuprar mulher e ameaçar família com armas e foice durante assalto

quinta-feira, janeiro 31, 2019
Um homem foi preso e dois adolescentes foram apreendidos por suspeita de envolvimento em uma série de crimes contra uma família, em Goiana, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, o trio estuprou uma mulher na frente do marido, roubou objetos e ameaçou as vítimas com armas de fogo e uma foice, entre elas uma criança de quatro anos.


Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (31), no Recife, a polícia detalhou como ocorreram os crimes contra a família, que estava saindo da casa de veraneio, em Carne de Vaca, na noite de domingo (27).


De acordo com a delegada Ana Carolina Guerra, titular de Goiana, Luiz Carlos Bernardo da Silva, de 21 anos, e os dois adolescentes, de 15 e 16 anos, abordaram o casal e os filhos, que estavam no carro. Todo estavam encapuzados e agiram com violência, segundo a polícia.


A delegada disse também que dois deles, o maior e um dos menores, levaram o homem e a mulher para uma área de manguezal.


“Os dois estupraram a mulher e ameaçaram matar o homem. Um dos criminosos chegou a tirar o capuz e mandou que a vítima de estupro o beijasse na boca”, declarou Ana Carolina Guerra.


Enquanto o casal estava no manguezal com dois criminosos, o outro menor manteve a filha de casal, de 28 anos, e o neto, de quatro anos, dentro do carro e sob ameaçada de uma arma.


“A criança estava muito nervosa e o criminoso chegou a tirar o capuz para dizer que não faria nada com ela”, comentou a policial.


Segundo a polícia o fato de dois bandidos terem tirado as máscaras foi importante para a elucidação do crime.


“Apreendemos os menores e um deles foi reconhecido, por meio de imagens. Depois, o homem se apresentou com o advogado, no momento em que a família estava na delegacia e fez o reconhecimento presencial”, afirmou a delegada.



A polícia informou que Luiz Carlos foi autuado por roubo, estupro e corrupção de menores. Os adolescentes vão responder por crime análogo a estupro e roubo. A delegada informou que os três negaram a participação nos crimes.


O comandante da 3ª companhia Independente de policiamento de Goiana, tenente-coronel Robson Cordeiro, disse, na coletiva, o maior já tinha sido preso anteriormente. Os integrantes do grupo são conhecidos na área por praticar assaltos a residências.

G1

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »