Náutico terá categoria de sócios para torcedores de baixa renda

sexta-feira, dezembro 28, 2018
O Conselho Deliberativo do Náutico aprovou a criação de mais uma categoria no programa de sócios “Nação Timbu”, lançado no final de novembro. Além das opções já existentes (Vip, Contribuinte, Patrimonial, Torcedor Timbu, Standard e Confraria), foi confirmada uma nova modalidade beneficiando pessoas que integram programas sociais do Governo Federal e estudantes da rede pública de ensino.

O projeto deve ser lançado no mês que vem e especula-se que o valor da mensalidade seja de R$ 11. A categoria será limitada a 600 torcedores, que terão direito de assistir aos jogos do Náuticonos Aflitos sem custo adicional. Vale indicar que, para conseguir uma das vagas, será preciso comprovar a condição social e, no caso dos estudantes, a matrícula na rede pública de ensino. Atualmente, os planos de sócios do Náutico variam de R$ 12,90 (Confraria) até R$ 149,90 (Vip). No último balanço divulgado, os pernambucanos passaram dois oito mil associados – até o mês passado, eram menos de dois mil.

Em maio deste ano, o Bahia anunciou um programa parecido com o do Alvirrubro para beneficiar torcedores de menor poder aquisitivo. Intitulado de “Bermuda e Camiseta”, a categoria foi destinada para tricolores com renda mensal de até R$ 1500, ao preço de R$ 45. Os associados possuem direito a voto, camisa oficial (após o pagamento da 12ª parcela), desconto de 50% no preço da cerveja na Arena Fonte Nova e acesso a todos os jogos da equipe tricolor como mandante. Caso semelhante aconteceu no Pará, com o "Paysandu, Alegria do Povo”, iniciativa do Papão para contemplar até 500 torcedores de baixa renda com entradas gratuitas para os jogos do clube em 2019.

FolhaPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »