Paulo responde a João Lyra e prega reunificação das esquerdas

quinta-feira, agosto 16, 2018
O governador de Pernambuco e candidato à reeleição, Paulo Câmara (PSB), deu continuidade à intriga travada ao longo do dia com oex-governador João Lyra Neto (PSDB) sobre o posicionamento do socialista em se dizer “arrependido” com a liberação de secretários para votarem a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

“Eu não gosto de responder a um ex-governador como João Lyra. Mas acredito que ele está com certo rancor, uma certa frustração por não ter sido escolhido por Eduardo (Campos), e falta informação sobre o governo. João Lyra não sabe o que acontece no nosso governo, então isso é fruto do desconhecimento. A gente respeita a figura do ex-governador”, disse.

Paulo Câmara espera não apenas contar com apoio da militância do PT, além de apontar para a presença do senador e candidato à reeleição, Humberto Costa (PT). “Eu conto (com o PT). Já tem muita gente aqui do Partido dos Trabalhadores. Está todo mundo animado para construir, mais uma vez, uma bonita vitória, uma vitória da reunificação das esquerdas aqui em Pernambuco. Uma vitória que vai fazer bem a Pernambuco e a gente vai trabalhar muito por um brasil melhor com Lula presidente”, avisou.

Sobre a manutenção do PDT no comando da secretaria de Agricultura, Paulo Câmara demonstrou que ainda confia numa aliança até mesmo dentro dessas eleições. “Eu estou trabalhando por Pernambuco e o PDT sempre me ajudou e espero que continue a ajudar. Isso faz parte do contexto e estamos analisando esse caso. Mas o trabalho que está sendo feito na agricultura tem que continuar”, ponderou.

O socialista promete campanha que vai mostrar os feitos dos quase quatro anos de gestão e novas propostas de governo para possível renovação do mandato. “Vamos fazer uma campanha bonita, uma campanha pra mostrar tudo aquilo que a gente fez e tudo aquilo que a gente quer fazer nos próximos quatro anos. Pernambuco hoje é destaque na Educação, tem trabalhado muito para melhorar a Saúde. Tem sido incansável na busca de segurança e paz no nosso Estado. E vamos focar na inclusão social, no combate às desigualdades. Na busca de levar desenvolvimento cada vez mais para o interior de Pernambuco. E, acima de tudo, na unidade do nosso povo porque Pernambuco precisa continuar seguindo em frente”, avisou.



FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »