Nadal e Djokovic são atrativos no Masters de Toronto

segunda-feira, agosto 06, 2018
O Masters 1.000 de Toronto, torneio que começa nesta segunda-feira (6), esquenta de vez a preparação para o Aberto dos EUA, Grand Slam com início em 27 de agosto. O sexto dos nove Masters da temporada reúne tantas atrações que as ausências de Roger Federer e Andy Murray podem passar batidas. Os dois se poupam para o Masters de Cincinnati, na próxima semana.

Líder do ranking, Rafael Nadal volta à quadra dura do Canadá após parar nas oitavas de final no ano passado, quando caiu diante de Denis Shapovalov no jogo que catapultou a carreira do tenista de 19 anos.

Seu principal adversário deve ser Novak Djokovic, embalado após o título de Wimbledon. Sérvio e espanhol, que se enfrentaram em uma batalha espetacular no Slam britânico, podem se encontrar apenas na final do torneio.

Atual campeão do Masters canadense, Alexander Zverev, 21, vem do título no ATP 500 de Washington. Um possível encontro com Djokovic ocorreria nas quartas.

Semifinalistas na capital dos EUA, os jovens Stefano Tsitsipas, 19, e Andrey Rublev, 20, também chegam em bom momento a Toronto.

Há ainda outros nomes fortes que correm por fora, como Juan Martín Del Potro e Marin Cilic, além do atual vice-campeão de Wimbledon e do Aberto dos EUA, Kevin Anderson.

A semifinal de Shapovalov no ano passado pode inspirar outro tenista promissor do país-sede, Felix Auger-Aliassime, 17 anos, 133º do ranking e que busca despontar num grande torneio.

Milos Raonic também alimenta as esperanças da torcida local. A partida de estreia contra o belga David Goffin, na noite desta segunda, está na lista dos grandes jogos da primeira rodada, que tem ainda Schwartzman x Edmund (também nesta noite), Djokovic x Chung e Kyrgios x Wawrinka como destaques.



FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »