Diego Souza: Sport reitera garantia contratual com o São Paulo

quarta-feira, agosto 01, 2018
Logo após a decisão da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, publicada nesta terça-feira (31), mantendo bloqueada parte do valor da venda de Diego Souza para o São Paulo, alguns torcedores chegaram a pensar que a decisão dava ganho de mérito ao Fluminense e que esse valor seria destinado ao time carioca. Porém, o presidente Arnaldo Barros não apenas explicou a situação, como em seguida aproveitou para reiterar que o Sport não sairá prejudicado financeiramente em nenhuma hipótese.

Primeiro, o mandatário rubro-negro explicou a decisão tomada pela justiça carioca nesta terça-feira (31). “O que se tinha era apenas uma liminar em favor do Fluminense. Não houve julgamento de mérito ainda. O Sport entrou com um agravo para cassar essa liminar e puder levantar o dinheiro antes do julgamento. O desembargador optou por manter o valor bloqueado e indisponível para os dois clubes até a decisão final”, explicou Arnaldo. Ainda na primeira instância, o processo deve passar por diversos trâmites e a “decisão final” ainda não tem data prevista para ser dada.

Por último, o presidente do Sport aproveitou para garantir que mesmo que a justiça conceda ganho de causa ao Fluminense, o Leão não ficará descoberto por conta de uma precaução tomada na negociação com o São Paulo. “Sobre a garantia que o Sport tem no caso, realmente contratualmente o São Paulo tem essa responsabilidade. Se por acaso a sentença vier a dizer que o Sport não tem razão e que os R$ 5 milhões pertencem ao Fluminense, o Sport vai buscar do São Paulo o ressarcimento desse valor. Temos essa garantia em contrato sim. Ao contrário do que tem muita gente dizendo, não perdemos esse valor”, garantiu Arnaldo.



FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »