Bandido invade carro na frente de escola e assalta pai e filha que tinha acabado de sair da aula no Recife

quinta-feira, agosto 30, 2018
Um bandido invadiu um carro que estava parado na frente de uma escola particular, no Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, e assaltou um pai e a filha, que tinha acabado de sair da aula. Câmeras de segurança flagraram o momento em que o ladrão aproveitou o momento em que a criança embarcava e entrou no veículo, empurrando a menina no banco traseiro.

A Polícia Civil informou que o pai da estudante foi seguido pelos bandidos até a escola, depois de sair de uma agência bancária, no mesmo bairro. A corporação afirmou, ainda, que ele tinha acabado de retirar R$ 7 mil.

O crime ocorreu na Rua Adelmar Tavares, por volta das 13h de terça-feira (28). Na quarta (29), a vítima prestou queixa na Delegacia do Cordeiro, que vai investigar o caso.

o momento em que o pai chega ao colégio e estaciona o carro. A menina sai da escola, com a mochila nas costas, na companhia de outros estudantes, e abre a porta traseira esquerda.

No momento em que a criança entra no carro e se prepara para fechar a porta, o assaltante chega correndo, impede que a menina feche a porta e invade o veículo no banco traseiro, ao lado da garota.

Em seguida, o motorista dá a partida no veículo, mas anda poucos metros. Enquanto o ladrão estava no veículo com as vítimas, um homem estaciona uma moto atrás do carro e aguarda a saída do assaltante, que sai do veículo e sobe na garupa da motocicleta. Ele e seu comparsa fogem pela contramão da rodovia. Toda a ação, segundo a polícia, durou cerca de dois minutos.

Medo

A ação do bandido deixou assustados os moradores e responsáveis pelas crianças que estudam na escola. Mãe de um dos meninos que estudam na escola, a psicóloga Carla Dantas afirmou que não se sente segura para deixar o filho no colégio. “É ridícula a facilidade com que o homem invade o carro das vítimas. Até agora, a escola não se pronunciou sobre o caso”, comentou.

Ela afirma que o medo é uma constante para quem circula pela região. “Nós somos muito vulneráveis. A gente não tem ronda nem policiamento por aqui. Falo como mãe, como cidadã e moradora da área. Minha casa tem cerca elétrica e meu filho não pode brincar na rua”, declarou.

Carla também afirmou que, cerca de um mês antes do caso do assalto em frente è escola, também foi vítima de uma tentativa de roubo, na presença do filho. “O homem se aproximou do meu carro e estava com um revólver 38. Eu poderia não estar aqui dando entrevista”, afirmou.

O motorista Wilton do Santos, que mora perto da escola, relatou casos de assaltos frequentes na área. “No horário em que os estudantes estão saindo, tem crime o tempo todo. Assaltos para levar celular ocorrem o tempo todo por aqui. Está muito difícil”, observou.

Resposta

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que o policiamento no bairro do Cordeiro conta com rondas ostensivas. As ações têm o apoio de motopatrulheiros e do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) do 13º Batalhão.

A PM disse, ainda, que mantém o policiamento na modalidade a pé no entorno das escolas, como parte da Operação Quadrante de Segurança.



G1PE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »