Obra do Porto de Fernando de Noronha pode ser feita em caráter emergencial

quarta-feira, julho 18, 2018
As pilastras estão praticamente caindo, o setor de embarque está interditado e também não tem coberta. A área de carga está danificada e ameaça desmoronar. Esses são alguns dos problemas do Porto de Santo Antônio, em Fernando de Noronha. Por conta da situação precária o administrador da ilha, Guilherme Rocha, quer acelerar o processo para realização da obra em caráter emergencial.

“Nós vamos tentar uma autorização do Tribunal de Contas para deflagrar um processo emergencial para licitação a obra e dar início ao trabalho”, informou o administrador Guilherme Rocha. O gestor esteve no local com secretário de Habitação, Bruno Lisboa, e o secretário chefe da Assessoria Especial do governador, Antônio Figueira.

Caso consiga autorização para indicar a obra como emergencial, a Administração da Ilha executa a licitação o mais rápido o possível. O governo local tem os recursos para realizar o serviço, cerca de quatro milhões de reais.

Nunca é muito lembrar que a Administração da Ilha inaugurou uma obra no setor de embarque de turismo em novembro de 2016. A região não resistiu as ondas da temporada e acabou interditado. Em 2012 também foi inaugurada uma grande obra de recuperação do Porto de Santo Antônio.



G1PE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »