Ministério Público reverte penas em doações para os estudantes em Fernando de Noronha

segunda-feira, julho 30, 2018
O Ministério Público de Pernambuco está revertendo parte das penas dos crimes de pequeno potencial em doações para os esportes, em Fernando de Noronha. O promotor Alfredo Pinheiro Martins Neto criou o projeto Cacimba dos Sonhos para ajudar os jovens da ilha com ações de incentivo ao esporte.

“A ideia é resgatar os jovens com dificuldade pedagógica e conflitos familiares com ações esportivas. O professor Samuel Marques sugeriu atividades de artes marciais e outros esportes e nós aceitamos a ideia. Nós revertemos parte das penas de pequenos potenciais em doações. Além das cestas básicas e serviços sociais, que já eram determinados como pena, agora recebemos doações de material esportivo”, explicou o promotor.

As pessoas que recebem esse tipo de pena devem ter ficha limpa. Como fruto da ação o promotor fez a entrega da primeira parte dos 35 kimonos que estão sendo doados para os estudantes. O projeto conta com o apoio do professor Carlos Higashi, que dá aulas de artes marciais num trabalho voluntário.

“As aulas ajudam os alunos tímidos e as crianças hiperativas. Nós vamos explorar a força, a disciplina e o respeito”, falou Higashi. “É importante trabalhar essa modalidade esportiva, além ocupar as crianças com uma ação positiva, as artes maciais também ajudam na disciplina e a integração social”, comemorou o educador Samuel Marques.



G1PE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »