Tabárez minimiza gols perdidos pelo ataque uruguaio

sexta-feira, junho 15, 2018
A vitória uruguaia sobre o Egito saiu apenas nos minutos finais da partida, em uma tarde pouco inspirada de Luis Suárez em Iekaterinburgo, nesta sexta-feira (15). O renomado atacante do Barcelona desperdiçou três oportunidades claras de gol, mas acabou salvo por José Maria Gimenez, que anotou o 1x0 na estreia celeste da Copa do Mundo. Os erros do Camisa 9, entretanto, não preocupam.

Em entrevista coletiva concedida depois da partida, o técnico Óscar Tabárez amenizou a atuação ruim da principal referência ofensiva. Tanto Suárez quanto Edinson Cavani pararam no goleiro El-Shenawy, eleito pela Fifa o grande destaque do jogo, apesar do revés do time africano.

"Não posso especular sobre o que aconteceu. Não é um pecado, mas ele teve três situações, e o goleiro pegou três bolas. São coisas que podem acontecer, está na história dos goleadores", afirmou o treinador uruguaio.

Tabárez também tratou de descartar a ausência de Mohamed Salah, astro do Egito, como um fator decisivo para a vitória. O experiente treinador pegou exemplos do próprio time para valorizar o resultado nesta estreia. "Tivemos partidas sem Cavani e Suárez, e a equipe ganhou. Hoje, claro, poderia ser facilmente um empate antes da cobrança de falta de Carlos Sánchez [que terminou com o gol de Giménez]. Não dá para especular coisas que não consigo prever", destacou o treinador.

O gol no fim permite ao Uruguai largar na frente do grupo A ao lado da Rússia, que goleou a Arábia Saudita por 5x0, na quinta (14). Com uma vitória sobre os sauditas na próxima quarta-feira (20), o time sul-americano ficará muito próximo da vaga nas oitavas de final.



FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »