Motoristas de aplicativos protestam contra projetos em Olinda

segunda-feira, maio 21, 2018
Motoristas de aplicativos como Uber, 99 e Mary Driver protestam nesta segunda-feira (21) contra projetos de regulamentação que estão em trâmite nas câmaras municipais do Recife e de Olinda. A movimentação estadual parte do Classic Hall, no Complexo de Salgadinho, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, seguindo rumo ao edifício-sede da prefeitura da cidade.

A categoria reclama das propostas de reduzir a quantidade de carros por aplicativo para uma proporcionalidade de 50% em relação aos táxis, emissão de certificado de autorização e redução do limite de idade do veículo de dez para sete anos.

Uma comissão de cinco pessoas foi recebida pelo vice-prefeito de Olinda, Márcio Botelho, e pelo secretário de Transportes e Trânsito, Jonas Ribeiro. Por volta das 12h os manifestantes já haviam saído das ruas e se encontravam em frente à Prefeitura de Olinda, no bairro do Varadouro.

“O Recife está encaminhando para um entendimento, mas Olinda não. Atualmente são 800 táxis e eles querem 400 [motoristas de] Uber, o que de maneira nenhuma vai dar conta da cidade”, criticou o motorista Thiago Silva, um dos líderes do movimento. “Como a prefeitura vai fiscalizar quem é Uber e quem não é? Como eles vão conseguir fazer com que os motoristas rodem só em Olinda?”, criticou Silva.

A usuária Karla Falcão defende o apelo dos motoristas. "A nossa maior preocupação é ter de fato a possibilidade de ir e vir com conforto, com um bom preço e com segurança. Os aplicativos vêm realmente trazer para a população essa liberdade de escolha e essa qualidadenos serviços”, disse.

Thiago Silva acredita que o projeto não seja aprovado e, caso ocorra, outras mobilizações podem acontecer. “O projeto é cheio de inconstitucionalidades e é muito ruim. Acreditamos que a procuradoria do município vete o projeto e devemos encaminhar um novo”, completou.

Audiência com vereador

O vereador Jorge Federal convocou uma audiência pública com a categoria para a noite desta segunda, no Clube Atlântico de Olinda. Os motoristas criticam a “parcialidade” e “falta de isonomia” no encontro e afirmam que não irão participar.

“Fomos recebidos logo cedo pelo vice-prefeito de Olinda, Márcio Botelho, e pelo secretário de transportes, Jonas Ribeiro, e apresentamos um projeto moderno e equilibrado a eles. Temos uma reunião marcada para os próximos dias com o prefeito Professor Lupércio”, acrescentou Thiago.

“O vereador Jorge Federal é pró-taxista. Nós somos a favor dos pais e mães de família e não queremos criar nenhum tensionamento com a categoria dos taxistas, mas precisamos defender uma regulamentação que seja favorável aos anseios dos motoristas de aplicativos”, finalizou Thiago Silva.



FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »