Caminhoneiros seguem com manifestações neste sábado, veja algumas rodovias bloqueadas no País e em Pernambuco

sábado, maio 26, 2018

Caminhoneiros seguem com mobilizações em rodovias de todo o País neste sábado (26) no sexto dia de protestos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não informou o número de interdições toda à manhã. Lembrando que nesta sexta-feira (25) o presidente Michel Temer acionou as forças de segurança nacionais para desbloquear rodovias.

O decreto, publicado no Diário Oficial da União, autoriza o emprego das Forças Armadas no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) até o dia 4 de junho.

Segundo a Ecovias, há manifestação na rodovia Anchieta, nos dois sentidos, entre o km 22 e 24, em São Bernardo do Campo. O trânsito, porém, está liberado para veículos de passeio, motos, ambulâncias e coletivos.

Na rodovia Fernão Dias, ocorre um protesto sem interdição na altura do km 37, na região de Atibaia. De acordo com a concessionária Nova Dutra, os caminhoneiros também permanecem na rodovia Presidente Dutra nas regiões de Santa Isabel, São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Pindamonhangaba, Lorena, Barra Mansa e Piraí.

Na Régis Bittencourt, a manifestação ocupa uma faixa e o acostamento, em ambos os sentidos, na altura do km 279, em Embu das Artes, e também na altura do km 385, em Miracatu, no sentido de Curitiba. Também há bloqueio no km 477, em Jacupiranga.

No Rodoanel não há interdições, mas a via tem lentidão no trecho de Embu das Artes, em razão dos protestos na Régis Bittencourt. De acordo com a Autoban, a rodovia Anhanguera permanece com bloqueio na região de Limeira. A concessionária orienta o motorista a utilizar a rodovia dos Bandeirantes.

As rodovias Imigrantes, Raposo Tavares, Castelo Branco, Ayrton Senna e Bandeirantes seguem sem mobilizações.


Rodovias que permanecem com bloqueios em Pernambuco

Os pontos de interdição no estado são parciais e, veículos de pequeno porte, ambulâncias, ônibus e caminhões com cargas para hospitais estão conseguindo passar.

Confira os pontos de bloqueios:

BR 101, km 44, Igarassu

BR 101, km 82, Jaboatão dos Guararapes

BR 104, km 67, Caruaru

BR 232, km 35, Bonança

BR 232, km 130, Caruaru

BR 232, km 177, Belo Jardim

BR 232, km 208, Pesqueira

BR 232, km 274, Sertânia

BR 316, km 1, Serrolândia

BR 316, km 25, em Araripina

BR 316, km 58, Trindade

BR 316, km 80, Ouricuri

BR 316, km 143, Parnamirim

BR 316, km 303, Floresta

BR 407, km 113, Petrolina

BR 408, km 83, Paudalho

BR 423, km 97, Garanhuns

BR 423, km 146, Iati

BR 424, km 19, Pedra

BR 424, km 69, Caetés

BR 428, km 141, Lagoa Grande

Liminar

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar para proibir o bloqueio em rodovias e autorizar o uso de força da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Militar e da Força Nacional caso isso seja “imprescindível”. Na ação, proposta pela Advocacia-Geral da União, o magistrado também autorizou a cobrança de multas para quem descumprir as ordens.

As multas que o ministro autorizou são de R$ 100 mil por hora “às entidades responsáveis, por atos que culminem na indevida ocupação e interdição das vias públicas, inclusive acostamentos” e de R$ 10 mil por dia para cada manifestante “que se recuse a retirar o veículo que esteja obstruindo a via pública ou proprietário do veículo que esteja obstruindo a via pública”, por descumprimento das ordens da liminar.

O magistrado suspendeu também os efeitos das decisões judiciais que impedem a imediata reintegração de posse das rodovias federais e estaduais ocupadas em todo o território nacional, inclusive nos respectivos acostamentos. Atualizado às 12h25

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »