Stefanni apresenta a LOA, e diz que governador preza pelo equilíbrio fiscal

segunda-feira, outubro 23, 2017
O secretário de Planejamento, Márcio Stefanni, apresentou nesta tarde o projeto de Lei Orçamentária Anual para o exercício de 2018 em Pernambuco. Em sessão na Assembleia Legislativa, o secretário informou que a previsão de orçamento é de R$ 35,31 bilhões, um aumento de 6,4% em relação a 2017. Sobre os reajustes dos servidores, ele disse que as principais categorias já estão com reajuste contratado.

O gestor celebrou que, apesar da crise econômica, o governador Paulo Câmara (PSB) tem conseguido cumprir seus compromissos. A oposição, no entanto, aponta que o socialista não cumprirá promessas de campanha.

A expectativa de investimentos é na ordem de R$ 1 bilhão, cujo recurso o governo tenta reduzir a presença de operações de crédito, embora ainda haja margem de endividamento da Receita Corrente Líquida (RCL), que será de R$21,9 bilhões.

A despesa com pessoal compromete a maior parte das receitas do Estado, chegando a R$ 17,97 bilhões. Na proposta de orçamento por áreas, a educação terá 27% da RCL, enquanto saúde terá 14,6%.

O deputado Silvio Costa Filho (PRB) questionou o secretário sobre a perspectiva de novas edições do FEM e de reajuste para os servidores estaduais. Stefanni, por sua vez, ressaltou que o Estado fará o possível para não descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), já que o governador preza pelo equilíbrio fiscal.



FOLHAPE

Comente

Veja Também

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »